O i, G e n t e!

Tudo bem?

Antes de começar a falar do assunto dessa semana, quero contar uma coisa que aconteceu na ultima terça-feira (23/01).

Fui tocar em um grupo de oração chamado #Neviim, grupo no qual fiz parte e conheci as músicas da comunidade por lá. Um dos lideres de louvor do grupo chegou para montar o som com sua família e seu filho ficou bem próximo de mim, ficou de olho na bateria e tudo mais. Quando terminamos de passar o som, eles estavam indo embora e sua mãe disse: “Filho, você ficou triste por não ter tocado a bateria?” A criança sem dizer uma palavra só abaixou a cabeça. O Miltinho olhou para o Miguel e disse: “calma aí, filho, o Tio Luh vai te dar uma baqueta”. Não pensei duas vezes. Peguei uma baqueta e dei ao Miguelzinho. O pai dizia para ele agradecer, mas ele não conseguia agradecer, ficou emocionado por ter recebido uma baqueta, logo em seguida os pais dele falaram: “é a primeira baqueta que ele ganha”.
Eu não tenho ideia do que isso pode representar na vida daquela criança, sabe?! Mas acredito muito que meu ministério não se renova somente no meu tocar, se renova em ver crianças como ele querendo conhecer a música de forma pura e sincera.
\o/
Amém.

Hoje falaremos um pouco do que Jesus pode fazer no seu ministério se você deixar que ele te instrua. Certa vez, recebi a seguinte palavra: “Jonas, vou te ensinar, vou te mostrar o caminho que deves seguir. Vou te instruir fitando em ti os meus olhos.” Faça a experiência, em vez de Jonas, diga teu nome: “Lucas, vou te ensinar…” Monsenhor Jonas, consegue detalhar claramente nesse livro a forma carinhosa nessa frase: “Vou te instruir fitando em ti os meus olhos.” Fica fácil entender o que o senhor quer de nós em prática!
O primeiro ponto que devemos destacar é quando ele diz: “Vou te ensinar”, é igual quando você vai estudar música e o professor te passar todos aqueles conteúdos, ele te dá por onde você tem que ir, qual a posição correta das mãos, pés, postagem ideal para a voz. O Senhor também faz isso conosco, mostrando como nos portar, como viver a música em sua essência na adoração e como se deve fazer.
O segundo ponto “Vou te mostrar os caminhos que deve seguir”. Quando teu professor de música te passa um exercício que você não está conseguindo fazer ou acha que não consegue, esse professor precisa pensar em um meio de facilitar aquilo que você acha que não consegue fazer. Teve uma vez que estava dando aula para a Nathanny (ela é membro da comunidade de vida e vai me matar quando ler isso! HAHAHAHAHA) e ela não conseguia fazer um ritmo (que ela já havia feito, algumas vezes), mas algo a travava. Diante dessa situação peguei uma música que ela já tocava e modifiquei para que ela conseguisse fazer. Pronto, foi o suficiente para ela entender que ela conseguia fazer, só precisava de outro caminho. Sim, ela sofreu, bateu a cabeça, chorou, mas aprendeu. Assim o Senhor faz conosco.
Com essa história é nítido que não há renovação sem sofrimento.

Resgatando as posses de Deus
São Paulo diz que “não há redenção sem sangue”. “Precisamos lembrar sempre que é uma obra de tirar as posses do inimigo. O Diabo usurpou as posses de Deus. De modo especial, usurpou os filhos de Deus amarrando suas mentes, seus corações e sentido, embrenhando-os pelos caminhos do pecado.
Quando saímos em missão, precisamos entender que vamos lidar com uma aranha das grandes, e não iremos tirar as teias da aranha, iremos brigar diretamente com ela. (Imagine você que tem pavor de aranha e tem que enfrenta-la sozinha (o)! =O). Com isso é muito comum chegar dias antes do encontro e estar aquela confusão toda no ministério e na coordenação do encontro. O inimigo é lobo! Ele não nos mostra onde está a confusão; ele as cria facilmente, larga e sai correndo. Precisamos estar atentos a essas ciladas que ele nos cria e ser maduros e pedir discernimento a Deus para saber quando é o diabo e quando é o nosso humano. O inimigo não tinha o direito de fazer o que ele está fazendo, porém, ele entra na minha vida e na vida de muitos porque nós, filhos de Deus, permitimos.
Mas lembre-se sempre: nem tudo é culpa do capeta, muitas coisas a culpa é nossa.
Em um encontro muitas vezes nem sabemos por onde o inimigo vai começar a atacar, por isso é necessário que você peça o Batismo no Espírito Santo dos dons e dos frutos, essa é a provisão de Deus para os tempos de hoje!
Talvez você não saiba o que seria uma provisão: é quando, por exemplo, um menino vai ao parque e sua mãe faz um lanche e coloca numa sacola: sanduíche, frutas, refrigerante, chocolate. Ela coloca também uma camiseta, uma bermuda e uma blusa. É a provisão do que ela acha necessário para o filho. A provisão para uma boa batalha é tudo aquilo que o Batismo do Espírito Santo gera em nós! Nenhum dom é luxo ou inútil. O de línguas, de cura, de sabedoria, de discernimento, tudo é apenas o necessário. São armas e ferramentas necessárias para a batalha que você está enfrentando.
Músicos, São Paulo afirma: “Não é o homem que afrontamos , mas as autoridades, os poderes, os dominadores deste mundo de trevas, os espíritos do mal que estão nos céus” (EF 6,12).

Ministro de Música – ministro de resgate
É por amor a Deus, por amor aos irmãos, por amor à Igreja que os ministérios de música, são tão importantes quanto os ministérios de cura e de pregação. A pregação terá mais poder porque a música vai preparar o ambiente e tocar os corações com sua ponta de lança.
Louvo a Deus por ele já estar colocando no seu coração a verdadeira humildade, pois a renovação só acontece num coração pobre. A primeira bem-aventurança é e será sempre:
Felizes os pobres de coração: deles é o Reino dos céus” (MT,5,3).
O reino de Deus é só dos corações pobres. Só no ventre de Maria podia acontecer a concepção de Jesus, porque a extrema pobreza estava ali.
Louvo a Deus por sua vida, não conheço o seu grau de autossuficiência e vaidade. Conheço o meu. Não sei até que ponto você caiu na isca do orgulho espiritual. Sei o que aconteceu comigo e como me dei mal por isso.
Eis que o senhor está ensinando você, então reze assim:
Sim, Senhor, muito obrigado porque fitas em mim os Teus olhos. Ensina-me! Mostra-me o caminho por onde devo caminhar. O Senhor está me adestrando para isso! Jesus manso e humilde de coração faça o meu coração semelhante ao Teu que além de pobre é manso. Ao mesmo tempo, quero aprender, Senhor, e quero ser instruído por Ti. Quero ser encaminhado por Ti no caminho que devo seguir. Digo como Maria: Eis aqui o servo do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra. Amém.

Até a próxima!

Luh =)