Esses dias eu pensava sobre “o que me estimula a seguir em frente na minha caminhada com Jesus”. Isso não quer dizer que eu estou em crise ou que eu quero desistir da vida que tenho levado (e que fui eu mesma que escolhi). Estive pensando nisso justamente para enxergar qual é o real motivo de eu permanecer. Permaneço porque creio de verdade?, permaneço porque tenho pessoas queridas por perto? ou permaneço porque já me acomodei com a vida que tenho levado? – esses foram alguns questionamentos que vieram na minha cabeça.

Estímulo, no dicionário, significa algo que anima, que incita à realização de algo. Ou seja, algo que me estimula é algo que me anima, encoraja, motiva a fazer alguma coisa, tomar alguma decisão, etc. 

Então, o que me estimula a ser de Jesus e a seguir Seus ensinamentos e direções?

Traduzindo… O que é que me dá ânimo para tornar a minha vida semelhante à vida de Jesus?

Minha gente, se não for o próprio Jesus o meu motivo, o meu ânimo, o meu estímulo para ser Dele, para mudar de vida, para ser santa, para desejar a eternidade, na primeira decepção que eu passar, na primeira dificuldade que eu viver, no primeiro não que eu receber, eu vou desistir.

E isso não é só comigo não! Isso é com você também!!! Porque nós somos seres humanos, somos carentes, somos difíceis e só Jesus pode e saber lidar com a gente e nos transformar e moldar para ser quem Deus nos fez para ser.

Por isso, eu te convido a parar e refletir comigo: por que que eu ainda tô aqui com Jesus?, por que eu que permaneço? Se a nossa resposta for: Jesus, por amor a Jesus, nossa resposta está correta.

Se nossa resposta for qualquer outra que não seja Jesus, precisamos pedir à Ele que volte a ser o centro dos nossos pensamentos e da nossa vida. Crescer dói. Amadurecer é difícil. Mas não nos esqueçamos: não estamos sozinhos. Jesus está conosco. Até o fim dos tempos. Ele prometeu. E Ele vai cumprir. Basta eu fazer a minha parte: ficar com Ele.