Fala Galera !
Quanto tempo! Fiquei sumido uma semana, mas foi por um bom motivo! Na casa do Rio de Janeiro estávamos sem mesa e então decidimos fazer uma! Que correria, viu?! Mas ficou muito boa!

Tivemos nosso vocacional em Brasília no final de semana passado. Foi incrível! Mamãe nos deu a oportunidade de senti-la bem pertinho. Foi diferente! Foi massa!

Finalmente essa semana vamos falar novamente sobre a série do livro “Músicos em Ordem de Batalha”. Estamos no penúltimo capítulo dele e que incrível! Esse livro é muito bom!


Seguir os passos do pastor:

“Eu sou o bom pastor: o bom pastor se despoja da própria vida por suas ovelhas. O mercenário, que não é verdadeiramente pastor e a quem as ovelhas não pertencem, ao ver chegar o lobo, abandona as ovelhas e foge; e o lobo se apodera delas e as dispersa. É que ele é mercenário e pouco lhe importam as ovelhas. Eu sou o bom pastor, eu conheço as minhas ovelhas, e as minhas ovelhas me conhecem, como o meu Pai me conhece e eu conheço meu Pai; e eu me despojo da vida pelas ovelhas. Eu tenho outras ovelhas que não são deste redil, e também a estas é preciso que eu conduza; elas ouvirão a minha voz e haverá  um só rebanho e um só pastor. O Pai me ama, porque eu me despojo da vida, para a retomar em seguida. Ninguém me tira a vida, mas por mim mesmo eu dela me despojo; eu tenho o poder de me despojar da vida e tenho o poder de a retomar: este é o mandamento que eu recebi do meu Pai” (Jo 10, 11-18)

Até o mesmo erro que eu e você costumamos cometer cantando serve para nos mostrar a mensagem desta música e do Evangelho acima:

Sou bom Pastor ovelhas guardarei.
Não tenho outro ofício, nem terei.
Quanta vida eu tiver, eu lhes darei.

  • Maus pastores, num dia de sombra, não cuidaram e o rebanho se perdeu. Vou sair pelo campo reunir o que é meu, conduzir e salvar.
  • Verdes prados e belas montanhas hão de ver o pastor, rebanho atrás. Junto a mim, as ovelhas terão muita paz; poderão descansar. (meditação)

Na verdade nós não temos muitas vidas. Não cremos na reencarnação. Só temos uma vida. Ela não termina com a morte. A morte nos leva para a ressureição. Portanto, não é “quantas vidas” que cantamos, mas “quanta vida” ( incrível isso né?)

Sou filho de Dom Bosco, o santo da juventude, e ele morreu bem cedo. Dom Bosco não morreu com uma doença, o médico que o acompanhou nos últimos momentos disse: “Dom Bosco morreu porque ele se desgastou todinho!  Ele não tinha energia, ele se desgastou como uma vela que se consome até o fim. Morreu porque não tinha mais nada para gastar!”

Cara, eu quero morrer assim! Vamos juntos morrer assim?

Seu ministério só tem sentido desta maneira: se você cantar, tocar, estiver a frente, dirigir uma comunidade, uma assembleia, ele só terá sentido se você der tudo o que tem para salvar as ovelhas  (guarde isso no teu coração).


Cristão, a primeira vocação do músico!

Em primeiro lugar, a sua vocação é ser cristão. Cristão é um outro Cristo. É um continuador de Cristo (confesso que nessa hora me auto questionei e me perguntei se estou sendo esse imitador).

Todo músico deveria dizer :

 A minha primeira vocação antes de tudo, antes de ser músico, antes de exercer qualquer ministério, é ser Cristão. Pela graça de Deus, pela escolha do Pai, porque fui batizado em Jesus, sou um outro Cristo, um continuador de Cristo, por isso me chamo, cristão.

Sou cristão: um outro Cristo. Só posso viver e fazer como Ele. Só posso dar a minha vida e gastá-la pelas ovelhas de Jesus, minhas irmãs.  As ovelhas de Jesus são minhas irmãs. Também sou ovelha, só posso gastar a minha vida pelas minhas irmãs, as outras ovelhas de Jesus.


Dê uma pausa na leitura, e análise também tudo isso, eu poderia acabar a série agora, pela profundidade dessa parte.

Antes de tudo o músico é cristão. Precisa ter no coração, como Jesus, a ânsia de salvar almas. “Dai-me almas e ficai com o resto. Fica com o resto; o resto não me interessa. O resto é resto. Dai-me as almas! Eu quero as almas.”

 

Músico: modelo de santidade

Quem vive repleto do Espírito Santo não deixa brechas nem vazios na própria vida. Ser cristão e ser santo são sinônimos. (Pesado isso, né?!)

Você deve ser santo por causa de Deus e precisa ser santo por causa dos teus irmãos: 99 ovelhas perdidas. Por elas e porque Deus não quer perder nenhuma. Porque Jesus não quer perder ninguém. Sua primeira vocação antes de tudo é ser santo.

Se você se sentir a vontade, feche os olhos e imagine Jesus, estando do seu lado e te dizendo : Sua primeira vocação é ser santo.

Reflita e comente.

 

Deus abençoe!

Até semana que vem.

Luh.