“Sê corajoso, porta-te como um homem”

Leitura do Primeiro Livro dos Reis, cap. 2, 1-3

“¹ Aproximando-se o fim da sua vida, Davi deu estas instruções a seu filho Salomão: ²’Vou seguir o caminho de todos os mortais. Sê corajoso e porta-te como um homem. ³Observa os preceitos do Senhor, teu Deus, andando em seus caminhos, observando seus estatutos, seus mandamentos, seus preceitos e seus ensinamentos, como estão escritos na lei de Moisés’.”

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que todos bem.

Eu sei que, já faz um tempo que eu não escrevo aqui, mas pela graça de Jesus estamos retornando com os textos no nosso blog. Aleluia!

Há um bom tempo, eu venho refletindo sobre o “Ser Homem” nos dias atuais, pois acredito que estamos vivendo uma crise de masculinidade, dentro e fora da Igreja, e isso não é difícil de se notar, para isto, basta nos sentarmos com algum jovem, entre 15 e 21 anos, e facilmente vamos perceber que a casa onde ele habita, tem somente a mãe ou o somente pai, ou pior, tem os dois, mas nenhum dos dois realmente estão lá. Mas como isso? Simples, os dois estão sempre trabalhando e ocupados demais com assuntos, que no mundo de hoje parecem ser mais importantes do que a convivência família. Observe: nos dias atuais uma família que faz 3 refeições juntas durante um dia, é quase uma relíquia de primeiro grau de algum dos apóstolos.

Cada vez mais, nossos jovens estão crescendo sem a presença de seus pais dentro de casa, sem uma família realmente estruturada, e isto, sem sombras de dúvidas, afeta a masculinidade dos homens de Deus dos nossos tempos.

O que eu percebo é que parece que satanás chamou todos seus demônios e fez uma reunião, e disse para eles: “Vamos focar em uma só coisa: As Famílias. Vamos destruir com as famílias!”. E diante desta investida de satanás contra as famílias, quem paga o preço são os filhos que crescem cada vez mais sem estrutura emocional, afetiva, e principalmente, espiritual.

Assim, nos deparamos com um grande problema na nossa Igreja, que precisa ser sanado o quanto antes, e quem possui esta missão, somos nós, homens de Deus, responsáveis por lutar até o sangue para que nossa casa, nossa esposa, e nossos filhos sejam santos. Ciente de nossa responsabilidade, vejamos um trecho do que o Rei Davi disse para seu filho: “Porta-te como homem observa os preceitos do Senhor.”

É curioso observar que antes de Davi falar para Salomão dos caminhos do Senhor, Davi diz: “Porta-te como homem”. Ora, se Deus Pai te chama como homem, então responda a Ele como homem. Mas como isto? Viva a castidade e busque ser um homem sábio, que entenda não somente das coisas do céu, mas também das coisas da terra, e que também lute pelo sustento da casa onde mora. Ou seja, você também precisa ser formado como um homem provedor material.

Paralelamente busque ser um homem espiritual, um homem justo, reto, casto, um homem que pensa no Senhor, medita a lei do Senhor e ali encontra prazer, vejam: uma coisa não exclui a outra.

Homens de Deus, pais, e amigos, o texto acima deixa claro que Davi, mesmo à beira de sua morte, estava cheio de esperança e alegria por ainda estar formando seu filho, para que seu filho pudesse vir a ser uma referência de masculinidade, e um exemplo de homem exemplo para a sociedade daquele tempo. Só que para isto acontecer (como de fato aconteceu), Davi teve que gastar muito do seu tempo ensinando seu filho, como fazer e quais são as coisas certas, quais caminhos seu filho deveria trilhar etc.

Precisamos de homens que, assim como Davi, mostrem para que estão nesse mundo, que sejam verdadeiros provedores espirituais e materiais dessa geração, que gaste seu tempo com aquilo que é mais precioso para todo pai: a santidade de seus filhos, e que para isso não economize tempo com seus filhos, ensinando-os os caminhos e valores do Reino de Deus, que demonstre que é possível ser de Deus, nos pequenos detalhes da vida cotidiana, assim geraremos uma geração que não somente ouvem Deus os chamarem a serem homens, mas também uma geração que ouve a este chamado, mas que responde se portando em todos os locais e situações como autênticos homens de Deus.

Mais do que ter um chamado a ser homem, é necessário se portar, posicionar, e Ser um homem de verdade.

Seja referência!

Deus abençoe.