“Prometi a Deus que até meu último suspiro seria para os jovens”.

Genteeee lindaaaa, hoje este texto esta super especial, pois é o dia em que a Igreja celebra a memória litúrgica de São João Bosco, baluarte da nossa comunidade e muito querido por nós pelo seu exemplo de vida e santidade. Um dos maiores apostolados da Colo de Deus é o trabalho com a juventude e São João Paulo II ainda Papa o nomeou como o Pai e Mestre da Juventude, o santo que lutou incansavelmente pela conversão dos jovens e pela dignidade de cada um deles perante os desafios do mundo.

O modo de São João Bosco trabalhar a evangelização da juventude foi revolucionário para o período em que vivia, através de uma inspiração Divina, ele soube com doçura, oração, formação e arte conquistar os jovens para o Reino de Deus. Hoje ele nos inspira como Colo de Deus a viver o nosso apostolado de maneira revolucionária, evangelizando com amor pelas almas, criatividade e arte de modo que os atraia para Deus. Por isso, a proposta de hoje é conhecer um pouco mais da história de São João Bosco, que foi Santo, sem deixar de ser jovem e amar os jovens!

João Bosco nasceu na Itália em 1815 e ficou órfão de pai aos dois anos de idade, mas foi muito bem educado por sua mãe Margarida, que era analfabeta, mas cheia de fé e sabedoria, ela o ajudou a crescer no amor de Deus e na ética cristã, ensinamentos tais que o auxiliou em todos os momentos e fez com que não desistisse, mesmo diante de tantas dificuldades.

Ainda criança, João Bosco sentia o chamado a falar de Deus a outras crianças, muitas vezes órfãs, em busca de emprego, mas que acabavam nas ruas, no crime ou sendo explorados, usava da arte para atraí-los e depois, lhes ensinava sobre a fé, amor, catequese. Seu chamado ao sacerdócio surgiu muito cedo, desejava ser padre para poder cuidar das pessoas, especialmente dos mais jovens. “Quando crescer quero ser sacerdote para tomar conta dos meninos. Os meninos são bons; se há meninos maus é porque não há quem cuide deles”, dizia o pequeno João Bosco. Mas antes de ver seu sonho se concretizar, teve de passar por inúmeras dificuldades,

inclusive mendigar para poder completar os estudos, já que sua família era extremamente humilde.

Em 1835, com 20 anos, entrou para o seminário. Tornou-se padre seis anos depois, em 5 de junho de 1841, quando passou a ser chamado de Dom Bosco. Logo começou seu trabalho com meninos de rua, evangelizando-os e ensinando a eles uma profissão, entregando a sua vida ao cuidado dos jovens; ele dizia: “basta que você seja jovem para que eu o ame”.

Dom Bosco dizia que numa boa educação jamais poderia faltar à formação religiosa, porque sem o auxílio da graça de Deus, o jovem não consegue vencer as paixões desordenadas da alma humana, o pecado. Este é um grande desafio que Dom Bosco soube vencer.

Criou os oratórios; catequeses e orientações profissionais, ele levava os jovens a evitar o pecado. Para isso, Dom Bosco usava com eles de uma grande vigilância e muita atenção e carinho, de maneira paterna. Um dia lhe perguntaram se ele não tirava férias, respondeu: “Só vou tirar férias quando eu souber que o demônio vai tirar também; não vou deixar meus jovens à mercê dele”. Fundou a Congregação dos Salesianos dedicada à proteção de São Francisco de Sales, que foi o santo da mansidão. Isso que Dom Bosco foi também para aqueles jovens e para muitos, inclusive aqueles que não o compreendiam.

Para a Igreja e para todos nós, é um grande intercessor, porque viveu a intimidade com Nosso Senhor. Grande devoto da Santíssima Virgem Auxiliadora, homem orante, de um trabalho santificado, em tudo viveu a inspiração de Deus. Em 31 de janeiro de 1888, tendo se desgastado por amor a Deus e pela salvação das almas, ele partiu, deixando uma grande família, um grande exemplo de como viver na graça, fiel a Nosso Senhor Jesus Cristo. Com tantos atributos o Papa Pio XI, que era amigo de Dom Bosco, canonizou-o na Páscoa de 1934 e consagrou sua celebração anual no dia 31 de Janeiro.

São João Bosco, rogai por nós!

 


A vida de São João Bosco esta muito além daquilo que pude escrever aqui, por isso quero deixar um link de um ótimo vídeo do Padre Paulo a respeito deste Santo! https://www.youtube.com/watch?v=vREx3eF0JbA