ESPIRITUALIDADE DO CASAL MATRIMÔNIO

Os dias sinistros do período menstrual

Eu imagino que alguns homens não entendem o que as mulheres passam nesse período da menstruação. São muitos hormônios que fazem com que as mulheres fiquem com variações de humor. Em alguns momentos elas estão sentimentais, em outros nervosas, em outros sorrindo, em outros chorando, às vezes querem companhia, outras querem ficar sozinhas… Nesse tempo que nós homens não conseguimos discernir o porque elas ficam desse jeito, algumas ficam sentimentais demais não pode falar nada mais alterado que elas começam a chora, outra horas ficam bravas agressivas e algumas só querem ficar sozinha sem falar nada. E nesse momento nos homem não entendemos nada, pois de fato, não sabemos o que elas estão sentindo.

Com tantas mudanças de humor, tudo o que elas não precisam é de alguém reclamando ao lado delas, mas de alguém que se esforce em entender o quanto esse momento pode estar sendo difícil. Isso exige do homem um verdadeiro esforço e muita paciência. É necessário não cair na pilha para evitar grosserias com sua esposa. Não tem como viver esses momentos com ela se o homem não a conhecer. E quando me refiro a conhecer é na totalidade, saber também dos sentimentos e do que passa em seus pensamentos.

Dayane e eu somos usuários do MOB (Método de ovulação Billings – texto uma partilha aqui no blog sobre, se você ainda não leu, clique aqui). O método me possibilita conhecer o corpo dela de uma maneira mais íntima. Com as observações que fazemos conseguimos identificar cada período do seu ciclo menstrual e com isso eu consigo compreender melhor os sentimentos que ela expressa em cada fase do ciclo, principalmente quando esta próximo o início do ciclo menstrual.

Meu conselho é que todos os homens casados procurem mais sobre o método Billings. O MOB possibilita maior qualidade de vida para o casal. Isso não somente na relação sexual, mas também na intimidade como um todo. Se eu não conheço minha esposa, normalmente, eu não vou ter paciência para entender o que ela está se passando com ela. Como eu já vivo o método Billings e conheço a minha esposa eu tenho a oportunidade de trabalhar a paciência e também tratá-la da melhor maneira possível. Dou amor, fico ao lado dela, respeito o tempo que ela pede por conta desses dias que ela está passando.
Quanto mais eu conheço minha esposa mais o amor cresce entre nós.

Leia tbm:

  • Vânia Oliveira

    Sofro tanto com essas alterações hormonais. Tenho enxaqueca nesse período e vários outros sintomas. As pessoas ao redor acham frescura por não conhecer…

Scroll Up