Dia dos namorados tá aí e tem uma galera que fica sofrendo pelos cantos – ou pelas redes sociais – porque não tá namorando e vai passar esse dia sozinho. Vamos falar sobre isso?

Primeiro ponto, precisamos entender qual o sentido e o objetivo do namoro – pra quê ele serve e pra onde ele vai me levar.

Se eu quero namorar pra ter uma companhia pra ir no cinema, pra beijar na boca, andar de mão dada e ganhar presentes todo mês, realmente deve ser ruim passar o dia dos namorados sozinho.

Mas, se eu já entendi que o namoro é um tempo de conhecimento entre duas pessoas que são amigas e que nutrem um sentimento a mais entre si, para que um dia se chegue ao sacramento do matrimônio, eu não me importo com uma data.

Não é poesia não, é Real!

Só consegue entender o real sentido e objetivo do namoro quem tem maturidade humana e espiritual pra saber que a vida não é sobre satisfazer as nossas próprias vontades, mas sobre servir a Deus e ao outro.

Quando a gente entende que o tempo da espera é um tempo no qual Deus nos forma, nos molda, nos arruma, nos prepara para viver bem e de forma adequada as Suas promessas, a gente passa a viver a vida sem pressa e sem neurose.

R-E-L-A-X-A!

Aceite o tempo de Deus na sua vida. Se cuide. Se molde. Se ame. Você só vai conseguir se doar num namoro quando tiver total conhecimento de si.

Deus abençoe!