MÚSICA

Música, estudo, igreja e Trabalho…

Primeiramente,
PARABÉNS, MÚSICOS!!!

Ontem foi dia de Santa Cecília, nossa padroeira!

Algumas pessoas me abordam sempre com algumas questões então resolvi fazer esse post sobre essas dúvidas.

Vamos lá!

Quais as principais características para ser um bom músico na Igreja? Espiritualidade de um músico Estudar, realmente é preciso? Música secular e Igreja? (servir a dois senhores? )

Tudo isso vamos discutir juntos aqui!


– Quais são as principais características para ser um bom músico na igreja?

R: Bom, creio que para ser um bom músico dentro da igreja é necessário alinhar a espiritualidade, responsabilidade e a técnica para chegar no 100% do seu servir e da sua adoração. Deus merece o melhor!
A obediência e a humildade precisam andar muito bem juntas também (Você vai ler muitas vezes sobre isso nos meus textos).


Espiritualidade de um músico?
R: Desafio um pouco complicado para um músico que veio de um retiro de primeiro anúncio e quer tocar em todos os retiros, missas e encontros paróquiais. O que nunca podemos fazer é entrar no comodismo, esquecer o que nos despertou para querer estar ali tocando e ministrando algo e, infelizmente, é o que mais tem acontecido dentro da nossa igreja, um comodismo tão forte e tão preocupante onde os novos músicos sequer buscam conhecer sobre a própria igreja. Lembro de um episódio onde existia um baterista na minha Paróquia e ele fazia realmente muito barulho tocando e todos criticavam ele. Um dia fui conversar com ele sobre isso e ele me disse que estava lá simplesmente por estar. A chama havia apagado e por ter somente ele disponível, acabava não se importando com o “voltar a queimar”. Na época, eu não sabia também como fazer, fui embora de cabeça baixa e logo ele saiu da igreja. =(


Estudar realmente é preciso?
R: Muitos me perguntam sobre isso dentro da igreja pois existem 3 tipos de músicos:

1. Os que possuem dom e estudam.

2. Os que possuem o dom e não estudam

3. Os que não tem um e nem outro e ficam tentando. (rsrsrs)

Aqueles que possuem e estudam, na minha visão, estão fazendo o melhor para Deus. Se Deus te deu o dom Ele pode fazer até se você não soar um acorde, mas se você estuda e dá o seu melhor, Deus reconhece e te leva a lugares que você nunca imaginaria ir. Ele não faz nada incompleto!Grandes poderes, grandes responsabilidades‘, já diria o Tio do Homem Aranha no filme ‘O Homem Aranha’. E eu aplico essa frase nos músicos perfeitamente! Quanto maior for teu dom de tocar alinhado com uma boa técnica, Deus se orgulha da sua adoração e faz muito em sua vida.

Aqueles que possuem o dom dizem aquela famosa frase:  Eu já tenho o dom e não preciso estudar. Desculpe! Tu pode até ter o dom, mas se você não cuidar, não acredito que Ele vá tirar, mas acredito que Ele não irá derramar a mesma graça com relação aqueles que buscam de verdade fazer de que seja perfeito pra Ele. Deus não te deu algo para ficar pequeno, Ele quer que você seja grande em dom e espírito. É igual a parábola da multiplicação dos dons. Se Deus te deu um dom, você precisa multiplicar isso, e a forma que nós músicos temos de fazer isso é estudando e estudando muito!

E tem os que apenas tentam e não saem do lugar, é, meu amigo.. talvez seja a hora de refletir sobre esse dom ou desejo.


Música secular e Igreja? (Servir a dois senhores? )
R: Um dos assuntos mais polêmicos da vida de um músico cristão.

O que posso dizer sobre isso é a minha própria vida de 10 anos de música secular e igreja. Tendo duas verdades, existe o músico que atrapalha a classe e o que faz certinho.

Aquele que leva como trabalho, sustento, não está servindo a dois senhores pois tudo depende dele e é como se fosse um advogado criminalista aonde ele precisa defender o mocinho e o bandido. Não há como julgar se é certo ou errado. Na minha opinião o que vai distinguir o certo e o errado é como você faz isso. Seja digno e seja correto! Deus vai te honrar!

Durante 10 anos tive a música como emprego, e sempre foi emprego e que bom que tive. Hoje, a 11 meses numa comunidade de vida, vejo o quanto Deus fez em mim para que hoje pudesse estar aqui. Lembro de um dia onde tinha um retiro para tocar e tinha muitos shows no mesmo final de semana, então decidi me doar e trabalhei no retiro e toquei nos shows. Deus no final me surpreendeu com um rapaz dizendo que Deus amava o modo de que eu fazia e que tinha grandes planos e que eu iria anuncia-Lo as nações. Se passaram dois anos e aqui estou, vivendo só pra Ele.

Somente posso falar daquilo que vivi, não é um conto de fadas, é a minha vida!

A vida de oração e a música precisam sim estar alinhados ao extremo! O músico por si só foge dos compromissos com a oração pessoal e com o ministério. O play, o tocar é incrível, música é matemática e como é matemática, música é simples. Tire a música, toque os acordes, leia a partitura e pronto: música.

Mas quantos já ouviram, “nossa não senti nada com aquele ministro X, nossa aquele ministério parecia não rezar” … Quantas vezes isso não acontece?

E se Jesus sentar na sua frente hoje e perguntar:
Quem é o músico que você é hoje?

Ore!

Deus abençoe,
até a próxima!  🙂

Leia tbm:

  • Billy

    Bora estudar, Deus quer o nosso melhor, diga não ao comodismo. Saia da sua zona de conforto!!
    Ore!!!! Obrigado luu, precisava ler isso. Deus abençoe irmão

    • Paz Billy!!! Cara Deus merece o melhor!!! Estude mas, não deixe de rezar! Jesus quer adoradores e não músicos! 🙂 Ore! Deus abençoe.

  • Luciane Dzierva

    Tremendo Luh 😱 Com ctz essa coluna vai chegar longe. 👏👏👏👏

  • Carlos

    Texto maravilhoso, Luh! Com certeza os seus ensinamentos serão fonte de riqueza para as gerações futuras. Com a humildade e discernimento que você tem, Deus vai honrar abundantemente o teu serviço. Que Ele te abençoe!

    Um abraço, Carlos Rodrigues.

    • Carlos,
      que possamos ser a igreja que queremos ver!!!

      Deus abençoe!!

Scroll Up