Oi Gente! Tá tudo bem ai com vocês né ?

Esses últimos textos do blog foram bem pesados e ao mesmo tempo bem legais, falamos sobre o peso do teu sim e depois falamos sobre sonhos e hoje iremos falar de algo que diretamente está ligado a isso.

Como de costume vou falar de uma experiência que eu tive e migrar para o nosso contexto tá?
Bom a música na minha vida entrou por conta da minha família por parte de mãe, avô sanfoneiro, tio baterista, tio cantor, tio violinista, primo baixista e tias cantoras. Desde pequeno entrei no cenário musical muito forte, por conta da influência, e logo a bateria me chamou muito atenção, não só por ser um instrumento belo e sim por aquilo que meu tio tocando aquele baião com o meu avô (que saudade disso, infelizmente não tive a oportunidade de tocar com meu avô) me passava, eles transmitiam verdade e a verdade nunca, jamais será esquecida se dentro do seu coração arder a verdadeira essência da música. O amor !
Então desde de cedo, desde criança a música na minha vida já tinha um peso muito grande, não só de manter a tradição da minha família em ter músicos e ótimos músicos diga-se de passagem, mas de manter a verdade ”ligada” 24hrs por dia. Lembro bem de um episódio de uma festa que estava havendo na casa dos meus avós e meu tio me colocou no colo dele, e me ensinou as primeiras levadas da bateria, logo depois ele me deu uma caixa, e nunca jamais imaginei que o SIM do meu tio, faria tanta diferença na minha vida e hoje talvez faça também diferença na sua vida, já que está aqui lendo as minhas experiências.


Hoje iremos falar sobre a música na vida de uma criança, o que pode mudar e o que pode influência na vida dela, desde escolhas a atitudes.

Bem-estar – A música provoca uma sensação de enorme bem-estar para o bebê ainda no útero materno. Quantas vezes, você antes de ser pai ou mãe colocou uma música para dormir, ou para relaxar um pouco? A criança irá nascer com as suas características, ou seja se você faz isso, possivelmente só o fato de você por uma música perto da sua barriga, eu bebê irá reconhecer e assim terá uma sensação de bem estar. (coitada da minha esposa kkk)

Desenvolvimento do raciocínio – Cantigas de roda e as canções de ninar (que faziam parte do universo das crianças no passado), eram importantes no desenvolvimento de um raciocínio lógico.

Sensibilidade e percepção – A música é utilizada como instrumento pedagógico em escolas, pois desenvolve a sensibilidade musical e amplia a percepção. Falamos sobre a sensibilidade lá na série ‘ Músicos em Ordem de Batalha‘ lembra? Logo desde cedo é importante trabalhar o lado sensível da criança, para que ela pequena já sinta aquilo que o Espírito Santo quer para a vida dela, principalmente se ela tiver a percepção apurada para a música! Saiba, que se juntar esses dois elementos você não irá ter um filho, você terá um ”monstro” para o reino de Deus. Na comunidade temos o Rafael (filho do Charlie, guitarrista e da Joana, co-fundadora da comunidade) e ele é baterista, ainda com apenas 2 anos, mas de uma sensibilidade e percepção incrível. Nunca vi nada assim.

Crianças rebeldes – Com a música pode-se trabalhar alguns aspectos da personalidade da criança, estimulando sua formação global. Uma criança muito rebelde, por exemplo, descarrega toda sua energia manipulando um instrumento.

Timidez – A timidez das crianças podem ser superadas em aulas de música, por exemplo, em um coral, a criança passa a sentir sua própria voz e começa a se soltar e a perceber a importância do trabalho em grupo.
Instrumentos musicais – Os instrumentos são muitos bons para desenvolver a coordenação motora e a memória.

Efeito Mozart – Há alguns anos, os cientistas debatem o chamado “Efeito Mozart”. Trata-se de uma prova de que crianças ficam mais “espertas” para cálculos depois de escutar a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior, do compositor austríaco.
Melhoram as habilidades matemáticas das crianças;
Melhor desempenho em sala de aula (quero falar sobre isso, no meu colegial, no segundo ano do ensino médio, eu já estava fazendo conservatório de música, e fui muito mal nos dois primeiros bimestres de matemática, fechando com notas vermelhas e tudo. Foi ai que comecei a escutar escondido, música durante a aula, resultado final os últimos três bimestres fechei com nota máxima na mesma matéria, e a professora se entender me perguntou e eu contei a ela sobre a música)

Desenvolvimento do cérebro – Tocando um instrumento musical ajuda a tornar seu filho mais inteligente;
Atividades musicais desenvolve as habilidades intelectuais vitais nas crianças;
A música resulta em uma melhor concentração nas atividades;
Reduz o uso de drogas na adolescência;
Melhora a respiração;
Socialização

Conceito geral – Educando com a Música
Você sabia que desenvolver a musicalidade nas crianças na faixa etária de 3 a 10 anos é muito importante, não só para sensibilizá-las para a música mas também para que se tornem artistas extremamente virtuosos? Ou seja, a música serve para ativar outras áreas do cérebro, ajudando crianças a estimular inúmeras atividades.
Só para se ter uma idéia, sabe-se que a área cerebral responsável pela música está muito próxima da área de raciocínio lógico-matemático (ou seja, as conexões nervosas acionadas ao se executar uma obra clássica são muito próximas daquelas usadas ao se fazer uma operação aritmética ou lógica, no córtex cerebral esquerdo).
Por isso, percebe-se que a música ajuda no raciocínio lógico-matemático, contribuindo para a compreensão da linguagem e para o desenvolvimento da comunicação, para a percepção de sons sutis e para o aprimoramento de outras habilidades. “Casar música e educação dentro de uma sala de aula, além de gerar resultados animadores e gratificantes, faz com a difícil tarefa de ensinar seja muito mais gostosa e divertida”.
Tudo isso vem de Deus, e olha só como é incrível, podemos adorar a Deus apenas com canções simples, dizendo ” Te amo Deus”, ”Te louvo em verdade”. A Música é tão perfeita que nem mesmo Deus não fica sem ela. (pelo menos eu acredito firme nisso! Afinal a música é um dos ”atalhos” para chegar ao coração dele)

Você se imagina sem música? faça uma experiência de ficar um dia sem escutar música e conte para nós ! =)

Deus abençoe!

Luh