Não, eu não falo inglês ainda, mas achei bem nerd começar assim, porque todo nerd fala inglês, ou pelo menos deseja falar… Sem mais delongas, meu nome é Guilherme, tenho 21 anos (sei que você viu a foto e acha que não é verdade essa idade, mas acredite, eu tenho 21 anos) sou noivo da Silmara ❤ a colunista mais linda desse blog, sou missionário da Colo de Deus, aqui faço parte do ministério de criatividade, formação, pregação, enfim, mais um monte de coisas que a vida missionária me propõe, acredito que já deu para você me conhecer um pouco,

Falaremos agora um pouco desta coluna, com uma proposta um tanto quanto diferente das coisas que talvez você esta acostumado a ler. Sabe, por uma boa parte da minha vida escolar (na verdade praticamente toda) fui considerado um garotinho nerd, não sei bem o motivo disso, talvez porque eu era gordinho, usava óculos e tinha boas notas?

Mas, então o que é ser nerd? Vamos ver primeiro o que encontramos na internet:

“Nerd é decorrente de uma expressão usada na década de 1950 para os representantes de um Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Nortel, uma companhia de eletricidade do Canadá, e era designado para aqueles pesquisadores que trabalhavam no laboratório de tecnologia, e que passavam as noites em claro fazendo suas pesquisas. Em meados de 1960 este termo começou a ser utilizando se referindo principalmente aos físicos e aos intelectuais.”

Bem nerd isso, né? Kkkkkk, porém, no meu ponto de vista, e de uma forma mais espiritual, o termo vai além.

Comigo foi assim, eu pouco conhecia sobre Jesus, frequentava algumas igrejas evangélicas, mas, no dia em que tive uma experiência com Jesus em um retiro da renovação carismática católica minha vida mudou, eu não conhecia nada da Bíblia, menos ainda da Igreja, tudo que eu sabia eram informações que alguém, ouviu alguém, que ouviu alguém falar rsrs, no fim de tudo nada. Então, logo após esse retiro voltei para minha casa e comecei a ler tudo sobre a Igreja, a Bíblia, livros, catecismo, vida dos santos, doutrina, magistério e isso foi confirmando no meu coração a certeza do que eu tinha vivido com Jesus naqueles três dias que transformaram a minha vida, ou seja, o que comecei a buscar de conhecimento veio a ser um grande auxilio para a minha fé e espiritualidade ( agregando a minha experiência)

A ideia da coluna Nerd Católico,  é partilhar aqui as mais inusitadas “piras” que nós temos, ligando espiritualidade (pentecostal de preferência) à coisas do nosso dia-a-dia (ou não), como filmes, física quântica, história, teorias malucas, ficção científica, enfim, de tudo enquanto e lugar, vamos estar adentrando com a espiritualidade, e sabe, a minha ideia com tudo isso é despertar em você, o desejo de estudar e conhecer a Igreja e a Bíblia, e ter uma visão mais espiritual daquilo que talvez passe despercebido.

E como esta ideia “maluca” começou a florescer na minha mente?

Certo dia, estávamos aqui na comunidade tomando café da tarde e alguém perguntou sobre o “buraco de minhocas” a partir disso começamos a conversar e argumentar, no decorrer da conversa iniciamos uma “viajem” nessa ideia e a mesa do café virou uma mesa nerd, começamos a falar de varias teorias ligadas a física quântica, moléculas e tudo mais; alguém falou algo sobre a tão discutida “molécula de Deus” (Para quem não sabe, esta é uma teoria de Peter Higgs, em 1964, enquanto caminhava teve esta ideia para explicar por que a matéria tem massa. “Coisas destes físicos malucos” rsrs, que eu acho muito top haha). E cada vez mais fomos adentrando neste assunto de uma maneira meio sobrenatural, sabe?! E um tanto esquisito, mas que fazia sentido.  Para mim foi muito bom e nisso surgiu a ideia desta coluna.

Espero que gostem do conteúdo e para começarmos bem, deixe nos comentários sugestões de assuntos bem nerd que você gostaria que fossem tratados aqui, e que as pessoas não falam, tanto por medo, vergonha ou ainda por falta de argumentos (hahaha).  Deus abençoe!!