Oi gente! ‘Cêis tão bem’?
Eu tô ótima. Na correria, mas ótima.
Faz tempo que não apareço por aqui. Fora a correria da missão, mês passado me tornei uma senhora casada e tenho vivido todas as novidades que uma vida matrimonial nos traz.
Dia desses fiz até um alarme falso e publiquei no insta que teríamos texto novo na coluna, mas falhei nessa missão.

Vocês me perdoam, né?! Vamos logo ao que interessa!!!!

Antes de começarmos essa coluna, quando ela ainda era apenas um sonho em nosso coração, eu e Ju partilhamos um dia sobre possíveis temas que nós achavamos TOP. Entre eles, falavamos em escrever sobre o esporte como mecanismo facilitador na inclusão social, em seus beneficios na vida fraterna, em como a liberação hormonal advinda de atividades físicas regulares são uma ferramenta no combate à depressão e outras doenças psicossomáticas e alguns outros temas nessa mesma pegada. E sim, nós ainda pretendemos escrever sobre isso, logo.

Mas hoje eu quero falar sobre uma situação mais emergencial:   suicídio .
O número de suicídios e tentativas tem crescido exponencialmente aqui no Brasil. Hoje nós somos o oitavo país com maior número de suicídios no mundo, e em média a cada 45 minutos uma pessoa tira sua própria vida!

Isso tem nos preocupado, e numa tentativa de fazer a nossa parte, nós da Colo de Deus temos investido tempo para dar suporte social às pessoas que possuem problemas emocionais.

  • Temos os vídeos em nosso canal do YouTube:

 

 

Compartilhe esse texto, mande o link dos vídeos, envie nosso número e email a todos que você sabe que precisam de ajuda. Apesar de pequena, a nossa parte realizada fará a diferença!

Nós estamos aqui!!!

“A colo de Deus é uma comunidade de gente imperfeita cuidando de gente imperfeita”
Hugo Santos

 

Deus abençoe