Gente, descobri que uma das coisas que eu mais amo fazer é criar! Deus, O Criador nos dá a possibilidade de nos inspirar e a partir de referências e experiência e com todas as virtudes que Ele deu pra humanidade nós conseguimos criar. Pra mim que sou artista é um privilégio quando eu sinto o Espírito Santo me apontando uma oportunidade de fazer parte da criação que vai gerar Jesus, e tudo isso através da arte.
É como se eu devolvesse pra Deus aquilo que Ele mesmo me deu de dom, virtude e conhecimento. A minha vida é Dele e para Ele.

No retiro de Carnaval desse ano aqui na missão onde eu moro em Jandaia Do Sul, teve um momento de cura depois da ministração de um teatro. Eu fui completamente impactada pela expressão artística que o ministério de teatro da comunidade (O Quinto Nó) ministrou, e aí eu fui numa sala vazia orar, porque eu estava me sentindo muito incapaz de progredir nas etapas da minha vida onde eu preciso da cura de Deus, eu estava com a sensação que eu andava, andava e não saía do lugar sabe?!

Na hora que eu estava rezando, Jesus foi me revelando o quanto de coisa Ele tinha me dado pra que eu conseguisse lutar pra cada vez mais chegar perto de quem Ele me fez por essência, e com todas as curas que eu preciso buscar, ele estava derramando esperança nos meus processos internos e me dando ânimo. Ele me lembrou de que Ele me concedeu o dom de dançar, e eu comecei a dançar entregando tudo pra Jesus. Enquanto isso acontecia, a ministra do teatro chegou em mim com uma flor, e me entregou.  Nessa hora, eu senti que ela era Jesus, e o discernimento que eu tive é que Ele estava me entregando muitas virtudes, e que eu precisava ofertar TODAS as coisas pra ele. Tanto as minhas qualidades, quanto as minhas misérias, quanto as coisas que eu não consigo avançar.

Meu Deus depois que isso aconteceu, eu recebi um batismo, e aí começou a tocar “não quero mais trocar, teu coração por outro não, se tirar Você de mim não sobra nada, nadaaaaaaaa”.

Comecei a provar da dependência de Deus, comecei a ministrar com a flor, como se ela fosse a minha intimidade com Jesus, como se ela fosse tudo o que eu sou que é nada, mas que esse nada eu precisava entregar pra Ele. Fui me sentindo livre de mim, eu fui pra outro lugar, e Deus selou essa memória em mim.

Quando saiu o EP Deserto, eu sabia que o Lucas 1,26 (ministério de dança da comunidade), eu me agarrei nessa música (Só) e lancei a ideia para os meus irmãos de ministério.  Decidimos que seria algo muito simples, um deserto de movimentos, mas uma abundância de intimidade com Jesus. Assim como devemos viver a quaresma.  Escolhemos apenas meninas, pra dar um ar de romance, porque naquele dia Jesus apaixonou meu coração mais uma vez.

Agora vamos para as explicações técnicas, mas nem por isso menos espirituais, eu sei que a arte é aberta para várias interpretações e isso é lindo, mas só pra partilhar com vocês algo do nosso processo criativo mesmo (a gente gosta de sair do óbvio)…

– A rosa que representa Jesus, está presente em todas as cenas.

– O vídeo começa com um Solo da Juliana apenas, com a intenção de não entregar tudo logo de cara, bem introspectivo, pra dar aquele suspense. Remetemos a imagem da virgem Maria, simples.
– Depois na primeira frase da música, quisemos passar a relação de amizade de Jesus, a sequência coreográfica feita pela Bela, é com uma cadeira de dois lugares, demonstrando que mesmo quando não sentimos, e mesmo que nossos olhos humanos não vejam Jesus nunca nos deixa só. Remetemos a imagem da Samaritana sentada no poço.
– A cena feita pela Malu foi completamente forte de expressão, simbolizando através da camisa a proteção de alguém que ouve o som da Voz de Jesus, colocamos muito sentimento de dependência da divindade de Deus. Remetemos a imagem de Ester se adornando.
– Por fim a cena feita por mim (Nicole Galdino), com uma sequência no chão, demonstrando que mesmo eu sendo um nada, mesmo com misérias eu preciso ofertar tudo. A única coisa que eu realmente tenho é Jesus. “Se tirar Jesus de mim não sobra nada”. Remetemos a imagem de Maria Madalena aos pés de Jesus.

É algo muito simples, mas cheio de sentido no meu coração. Eu me senti absurdamente realizada de ter gravado isso, porque foi algo que eu vivi com Jesus no meu secreto. Quando o Espírito me inspira algo eu acredito muito. Eu espero que você quando assistir, possa sentir Jesus com você, e que você contemple a beleza de Jesus e se apaixone, assim como eu tenho sentido Ele comigo e ando apaixonada por Ele.

Um beeeeeeijooooo, e até a próxima mores.

Segue link do vídeo