MÚSICA

Comportamento… precisamos ter?

Fala Galera!

Tudo bem com vocês?
Pois bem, estou na volta do

Águas Profundas de Natal (Alo Natal!) foram dias muito bons nessa terra.
Jesus é real!

Hoje vamos abordar um tema um pouco chato sabe?
vamos falar sobre Comportamento do ministro de música tanto dentro do ministério quanto fora. É importante lembrar sempre, somos adoradores.

1 – A primeira coisa que costumamos ver nos ministros de música hoje é a falta de compromisso com o horário.

Certa vez, fomos ministrar uma adoração em uma paróquia, e o padre era do tipo bem pontual. Nós marcamos de chegar na paróquia as 18hrs. Nós combinamos de sair as 17hrs era perto. Porém pelo fato de pensarmos era perto nos acomodou em ir nos aprontar tarde. Ou seja, não fomos comprometidos o suficiente e acabamos atrasando tudo e o padre ficou bem furioso com isso.
Lembro dele usar essa frase para nós -‘ Juventude irresponsável, lembrem sempre, não é a mim que vocês devem a responsabilidade de chegar no horário, é do POVO, que aguarde vocês! ‘.

pIsso me deixou bem chateado na hora com todo mundo.
Nos reunirmos e nos acertamos. Horário na vida de um ministro de música é tudo.

2 – A segunda coisa mais comum acontece em retiros, seja eles da RCC ou de qualquer outro movimento é de acabar o louvor entra o pregador dai o pregador olha para trás e CADÊ OS MUSICOS? todos acabam saindo, menos o rapaz do fundo músical (Um abraço para os tecladistas hahaha).
Bom disso podemos tirar algumas conclusões:
Se saímos da sala de pregação na hora, para ir ao banheiro ou comer alguma coisa, acredito que não exista problema, mas se saímos para conversar e jogar tempo fora perdemos toda a sintonia com a sala de palestra e com aquilo que o Espírito Santo pode fazer primeiro em  minha vida para depois na vida daqueles que estão no retiro.

3 – Outra situação muito comum, inclusive está ligada diretamente com a número dois, música para a palestra X já foi definida, mas durante a pregação o Espírito Santo colocou outra música no coração do pregador ou do ministro de música (ai entra a parte da sintonia com a sala de palestra). Gente o Espírito Santo é LIVRE, então se ele é livre, claramente quando isso acontecer precisamos ser dóceis a aquilo que ele diz e ser obediente, nunca vi alguém que não foi obediente ao Espírito Santo que não tenha tido ‘sucesso’ na hora de ministrar.

4 – NÃO estamos limitados somente ao tocar ou ao cantar! Creia Jesus não te fez apenas para isso, certa vez chegamos a um retiro em Umuarama – PR, e no ápice do retiro, não ia poder ter bateria, por conta do barulho (😒) iria atrapalhar a santa missa. Rapidamente pensei, o que Jesus quer com isso? Bom o Espírito Santo logo agiu e colocou a moção de orar pelas pessoas daquele retiro, em especial pelos servos. Existia uma moça, e fui rezar por ela, e assim que comecei a rezar por ela, a visão que tinha era de Maria, querendo restaurar os laços maternos dela e a vontade de ser mãe. Rezei por cura, ela repousou e creio que Jesus fez.
Alguns dias depois soube, que ela tinha sido muito mal tratada pela mãe e que recentemente, havia sofrido um aborto natural e não estava aceitando isso.

Consegue ver que Jesus, fez de um momento aonde não pude exercer meu primeiro ministério mas fui obediente a voz de Deus e exerci aquilo que ele queria que fosse feito aquele dia.

Se sentir bem reze comigo:
Espírito Santo, me faça ser todos os dias dependente de ti, para que possa ter o comportamento digno de querer estar na sua presença e quando me faltar sensibilidade venha em meu auxílio.
Amém!

Deus abençoe! =)

Leia tbm:

Scroll Up