Olá, meu nome é André, sou ministro de dança do Lucas 1,26 e missionário de aliança da Comunidade e vim testemunhar um pouco da minha trajetória até aqui, e minha história com a Dança começa quando eu era criança, onde eu olhava meu irmão dançando break dentro de casa com seus amigos e ficava impressionado vendo ele fazer tantos movimentos e a partir dali minha história com a dança começou a ser trilhada.

Junto com a minha adolescência a vontade de dançar sempre existiu, mas naquela época não dava para eu fazer aulas , então comecei a dançar com a minha família e ali aprendi a dançar sertanejo , pagode , funk e por aí vai , então o tempo foi passando e eu fui aprendendo cada vez mais e comecei a ver passos pela internet , mas com isso eu usava a dança como forma de sensualizar as meninas nas festas , ou seja , a dança foi ferramenta para me levar a fazer grandes cagadas na minha vida.

Enfim a dança sempre resumiu em sensualizar e ser o centro das atenções nas festas , mas quando decidi viver uma vida com Deus e acabei deixando a dança de lado , pois na minha cabeça eu não podia dançar para Deus , principalmente por que eu só usava a dança para coisas erradas , então eu escondi a dança no mais profundo do meu coração.

Quando conheci a comunidade em janeiro do ano passado eu fui participar de um Águas Profundas e logo quando acabou vieram os avisos e falaram que tinham aula de street e que o professor era um missionário da comunidade na hora que vi aquilo eu já fiquei meio assim , por que ainda na minha cabeça não entendia que eu podia dançar e viver uma vida com Deus , porém depois de um tempo eu decidi ir participar da aula , logo que cheguei eu fiquei muito travado e quase não dancei nada , mas quando fui para casa eu pensei se eles podem dançar e ser de Deus eu também posso, então na segunda aula eu já estava mais tranquilo e olha só eu aprendi uma variação de break a mesma que eu via meu irmão dançando quando eu era criança , então eu estava fazendo meu sonho de criança acontecer , enfim o tempo foi passando e minha intimidade com Deus foi aumentando e nos momentos de oração comecei a ter vontade de dançar , mas eu ainda era muito resistente.

Então na semana de aniversário da comunidade , teve encontros todos os dias e logo no primeiro dia eu decidi dançar , só que eu não contava que meu professor e os outros missionários que eram ministros de dança estariam vendo eu dançar e como eu não sabia eu dancei todos os dias , chegou no final de semana e eles me chamaram para trabalhar no congresso de células , eu fui trabalhar e lá em um dos momentos de oração eu dancei de uma forma que eu nunca tinha dançado antes e eles viram eu dançar também , enfim logo na segunda-feira depois do congresso eles me chamaram para ir na casa deles e lá me convidaram para entrar no ministério de dança da comunidade e então nesse dia iniciou uma nova história em minha vida com a Dança.

Logo após isso a dança tornou algo muito importante para meu crescimento na vida com Deus , principalmente em minha intimidade com ele e a partir disso tudo mudou , a dança já não era para chamar atenção das pessoas mas para chamar atenção de Deus , a dança já não era mais para sensualizar as pessoas e sim para que as pessoas pudessem ver Deus através das ministrações, a dança é o modo que posso expressar tudo que está no meu coração , ou seja , expressar aquilo que tenho em intimidade com Deus , a dança me levou para mais perto de Deus e me levou a olhar as coisas de uma forma diferente na vida com Deus , hoje já faz quase um ano que tudo isso aconteceu , sou missionário e ministro de dança e vendo toda minha história agradeço a Deus por ele usar a dança para me levar para mais perto Dele.