VERDADEIRA

Varoas valorosas do Senhor

Muita gente vem falando, pedindo… E alimentando no meu coração algo que eu tenho certeza que é da vontade do Senhor. Um espaço só para mulheres, o espaço Verdadeira.

Não sei vocês sabem, mas nós da Colo de Deus temos anualmente um retiro só para mulheres chamado Verdadeira. E, conversando com nosso fundador, o Verdadeira, no coração dele e também no coração de Deus, não se limita a um retiro anual, mas, antes é um ministério para mulheres, um serviço mesmo. Queremos mulheres melhores, curadas, restauradas. Assim, teremos famílias melhores. E com família melhores, o mundo muda! E Jesus se torna conhecido. E é shuris puro.

Mas é sério, meninas. Precisamos cuidar de nós, sabe? É a mulher, é a mãe, é a irmã, é a esposa que coopera com Deus no processo de educação, criação, cuidado, zelo, da casa, da família, dos lugares… Enfim, a mulher é essa peça chave de Deus para que as coisas funcionem.
E essa coluna (por enquanto somente uma coluna… rs), tá aqui pra isso. Pra gente partilhar daquilo que Deus quer de nós, mulheres. E eu conto com o comentário, a curtida e o compartilhamento de vocês!

Bom, vocês já me conhecem… Sou Joanna, 30 anos, casada, mãe do Rafael. Mas eu posso ser bem sincera com vocês? Papo de amiga, MESMO! Eu nunca quis casar e nem ter filhos. Pois é… Não era meu sonho. Era o sonho de Deus, BENDITO SEJA O SENHOR.
Mas é sério isso, porque, se eu não tivesse me aberto à Jesus, eu seria uma mulheres frustrada, porque estaria vivendo a essência daquilo que Deus-Pai me criou para ser: esposa e mãe
Enquanto eu vivia a minha vida longe de Jesus ou, pior ainda, com Ele mas sem ser Dele de verdade, eu não entendia o Seus desígnios e, na verdade, nunca me interessou saber o que Ele queria de mim.

E hoje eu entendo porque eu me sentia sozinha, frustrada, sem vontade de nada… Porque eu não vivia a vontade de Deus. Porque eu não queria viver a vontade de Deus. Muitas vezes eu neguei o querer Dele pra mim.
Não sei se você que tá lendo esse texto já passou por isso, passa por isso, ou conhece alguém que vive isso. Mas comigo era assim, até Jesus me pegar de jeito.
E o que vamos partilhar aqui são essas coisas, coisas da vida real, lutas, batalhas, alegrias, dificuldades, realizações do ser mulher. E como sermos de Deus e agradarmos mais o coração do nosso Pai.

Vamos juntas?!

 

 

Leia tbm:

  • Mari Galkowski

    Como vc soube o q Deus queria de vc? E muito difícil decifrar isso

  • Ana Lúcia Silva

    Meu caso já é em parte diferente Joana… Eu tenho um sonho absurdo do matrimônio e ter filhos, e um medo enorme de não ser essa a vontade de Deus pra mim.
    Mas o grande problema é que eu tenho uma resistência num grau, que eu não consigo abrir meu coração verdadeiramente a ele…
    Mas essa fase de me sentir sozinha já foi mais forte, hoje quase já não existe
    Parabéns pelo seu testemunho e glória a Deus por ele e pela sua vida!

  • Fabiana

    Olá!
    Como foi “Jesus te pegou de jeito??” Como entendeu esse “querer de Deus na sua vida?”
    A vida comunitária proporciona orientador pessoal, o que ajuda e muito a discernir…E quem ñ é de comunidade?
    Já ouvi que uma vocação matrimonial se sente desde cedo…Então quer dizer que não é assim? Posso ter o desejo de casar e construir família, mas Deus querer que eu seja religiosa? Como entender isso e deixar Jesus me pegar de jeito?
    Vc me entende?? Estou cansada…acho q estou nadando em círculos. Reze por mim e por favor se possível me responda..
    Deus abençoe!

    • Talita Ribeiro

      Olá Fabiana, vi seu comentário e senti forte em te falar que esse pegar de jeito é um despertar na vida direcionada por Cristo, é quando deixamos Ele realmente nos tomar pela mão e nos levar pelos caminhos Dele e não pelos nossos. É abster-se de nossas vontades e deixar a Dele prevalecer, é ter intimidade com o Senhor e com o Seu Espírito Santo para ouvirmos a Sua voz nos direcionando. Deus te abençoe mulher valorosa!!

      • Fabiana

        Jesus e Maria te abençoe também Talita! 😘😘😘

  • Juliana Moura

    Olá. Tenho 30 anos e não me casei.
    Até tive vontade um dia, tive um relacionamento de 8 anos em que fui noiva, mas não deu certo (glória a Deus) e então esta vontade morreu em meu coração.
    Filhos nunca desejei mesmo. Mas o casamento acredito que tenha sido por desacreditar nos relacionamentos.
    Sempre amei muito, me doei muito, mas nunca fui feliz e realmente amada.
    Estive fechada por muito tempo, mas há dois meses voltei para a Casa de meu Pai e tenho sentido meu coração se renovar.
    Tenho um desejo enorme de encontrar alguém que me mostre enfim o que é compartilhar um amor, e não apenas só doar ou só receber.
    Quero acreditar que é possível, que existe alguém para mim.
    Ler esta coluna de hoje me fez repensar, pois desde que voltei para a Igreja sinto todas as minhas vontades se contrariando.
    Não tenho mais satisfação com as coisas do mundo. E anseio muito por alguém que dobre os joelhos junto comigo diante de Deus.
    Continuo em oração e vigiando meu caminho, para que eu não me perca.
    Quem sabe acontece, não é mesmo?
    Grande beijo.
    Deus te abençoe grandemente.

  • Talita Ribeiro

    Vejo que a maior dificuldade é entender qual a vontade do Senhor para as nossas vidas. Hoje tenho 32 anos e posso dizer que há apenas 3 anos consegui enxergar e entender como é viver pela vontade do Senhor. Entendi que não adiantava colocar-me pela metade em suas mãos, não adiantava eu apenas ir às missas, ou ser uma pessoa boa, era preciso eu conhece-Lo de verdade, entregar-me de verdade, deixar Ele entrar de verdade no controle de tudo. Para isso foi e continua sendo muita intimidade, muita oração, muita comunhão (estar na presença do Senhor), precisei me distanciar do que me distanciava Dele (pecado). Então Ele me moldou e molda até hoje a sua maneira, no Seu tempo, me sinto no Seu colo como criancinha mesmo, e a segurança e confiança que sinto hoje é inexplicável!!

  • Juliane Faria

    ola…tenho 30 anos também e pela primeira vez vejo este blog. Na verdade acredito que seja algo que pedi, preciso compartilhar o que esta acontecendo em minha vida.
    A mais de um ano conheci uma pessoa, e neste mesmo período começei a fazer um direcionamento vocacional, para discernir a vontade de Deus em minha vida.
    Durante alguns meses estive onde Deus me enviava e com duvidas em sua vontade para mim (em relação ao matrimônio). Depois de alguns meses no vocacional fechado em etapa final, próximo a receber meu sinal de consagrado, Santa Terezinha me confirmou lindamente, que o sonho de Deus é o matrimônio e com o meu namorado. Por dificuldades familiares ( que todos enfrentam quando se dá o Sim a Jesus), acabou que não recebi o sinal e ainda não sei em que etapa de discernimento estou. Deus me mandou de volta para minha casa (acredito que foi a vontade dEle).
    Meu namorado e eu sempre entregamos nosso caminho na mãos do Senhor e em sua vontade, lutamos muitos, Maria sempre pediu muita paciência e persistência, o que fizemos.
    Este ano ele começou o vocacional na mesma comunidade que eu, sempre pedi isso a Deus. Como o caminho de discernimento, sempre ficamos em duvidas, com medos, meio perdidos,ele tbem está assim nestes últimos dias, tivemos alguns desentendimentos,mas eu estava todo dia rezando para que eu não atrapalhasse a vocação dEle, que Deus podia fazer sua vontade. Ontem ele me disse que queria terminar nosso relacionamento para seguir a sua vocação ( ainda não sei se isso é vontade de Deus), meu coração está doendo muito,pois hoje iria fazer um ano de namoro, porém diferente das outras vezes que terminaram um relacionamento comigo, não pensei em nenhum momento me preencher com as coisas do mundo, pois tenho a certeza que Deus tem planos maiores para mim.Tenho momentos de desabar,mas Maria esta me trazendo uma calma que me recomponho e lembro no amor do Meu AMADO, no amor do meu PRIMEIRO AMOR. Aguardo confiante nos propósitos do Senhor.

Scroll Up