Muita gente vem falando, pedindo… E alimentando no meu coração algo que eu tenho certeza que é da vontade do Senhor. Um espaço só para mulheres, o espaço Verdadeira.

Não sei vocês sabem, mas nós da Colo de Deus temos anualmente um retiro só para mulheres chamado Verdadeira. E, conversando com nosso fundador, o Verdadeira, no coração dele e também no coração de Deus, não se limita a um retiro anual, mas, antes é um ministério para mulheres, um serviço mesmo. Queremos mulheres melhores, curadas, restauradas. Assim, teremos famílias melhores. E com família melhores, o mundo muda! E Jesus se torna conhecido. E é shuris puro.

Mas é sério, meninas. Precisamos cuidar de nós, sabe? É a mulher, é a mãe, é a irmã, é a esposa que coopera com Deus no processo de educação, criação, cuidado, zelo, da casa, da família, dos lugares… Enfim, a mulher é essa peça chave de Deus para que as coisas funcionem.
E essa coluna (por enquanto somente uma coluna… rs), tá aqui pra isso. Pra gente partilhar daquilo que Deus quer de nós, mulheres. E eu conto com o comentário, a curtida e o compartilhamento de vocês!

Bom, vocês já me conhecem… Sou Joanna, 30 anos, casada, mãe do Rafael. Mas eu posso ser bem sincera com vocês? Papo de amiga, MESMO! Eu nunca quis casar e nem ter filhos. Pois é… Não era meu sonho. Era o sonho de Deus, BENDITO SEJA O SENHOR.
Mas é sério isso, porque, se eu não tivesse me aberto à Jesus, eu seria uma mulheres frustrada, porque estaria vivendo a essência daquilo que Deus-Pai me criou para ser: esposa e mãe
Enquanto eu vivia a minha vida longe de Jesus ou, pior ainda, com Ele mas sem ser Dele de verdade, eu não entendia o Seus desígnios e, na verdade, nunca me interessou saber o que Ele queria de mim.

E hoje eu entendo porque eu me sentia sozinha, frustrada, sem vontade de nada… Porque eu não vivia a vontade de Deus. Porque eu não queria viver a vontade de Deus. Muitas vezes eu neguei o querer Dele pra mim.
Não sei se você que tá lendo esse texto já passou por isso, passa por isso, ou conhece alguém que vive isso. Mas comigo era assim, até Jesus me pegar de jeito.
E o que vamos partilhar aqui são essas coisas, coisas da vida real, lutas, batalhas, alegrias, dificuldades, realizações do ser mulher. E como sermos de Deus e agradarmos mais o coração do nosso Pai.

Vamos juntas?!