VIDA DOS SANTOS

UM CONVITE IRRESISTÍVEL!

Oiii gente, para quem não me conhece, peço permissão para apresentar esta quem vos escreve: eu, Silmara Gonçalves, vim lá das terras mineiras, atualmente sou noiva do Guilherme (loading), graduada em Serviço Social, Consagrada de vida na comunidade Católica Colo de Deus, onde disponho de minha vida a serviço do Reino e sou muito feliz. Sou uma mulher de 25 anos, apaixonada por literatura e que em si tem um olhar poético para esta vida, acredito que a despretensão da poesia torna a nossa existência mais simples, nos possibilita descortinar a vida e suas questões de modo diferente e, assim, ver além. Costumo dizer que a poesia é o olhar “emprestado” de Jesus: é simples, puro e ultrapassa a “capa”, as mascáras, trás a tona a verdade, nos mostra, no início da corrida, que haverá sempre uma chegada, basta acreditar e começar a correr.

Já tive sonhos revolucionários de fazer história, de transformar a vida de muitos e escrever livros que inspirassem as pessoas, sonho que não fora perdido, roubado ou esquecido, mas transformado quando conheci o verdadeiro, o Amor de Deus.

Meu Papai tem realizado estes sonhos… Ainda não é um livro, mas presumo que tenham notado que um dos meus hábitos era rabiscar um emaranhado de palavras que talvez não fizessem muito sentido, mas que eu utilizava para me comunicar (eu era ainda mais tímida), acabei ficando um tempo parada e não acreditava na possibilidade de voltar a produzir algo neste sentido, mas Deus é bom, né papi !?

Anteriormente eu escrevia para expor meus sentimentos, hoje o que me motiva é levar o próprio Cristo a cada um que ler este artigo. Apresento-lhes, então, a coluna: “Vida dos Santos”, vamos falar aqui de pessoas que, pelo nome de Jesus Cristo, transformaram uma realidade, histórias de uma geração.

Confesso que eu não acreditava muito na ideia de que podíamos ser santos, ah, deixa isso para São Francisco! Como se os santos fossem escolhidos a dedo e não fosse um chamado universal. “Eu sou o Senhor que vos tirou do Egito para ser o vosso Deus. Sereis santos porque Eu sou Santo” (Lv 1,44-45). Depois de ter um encontro pessoal com Jesus, este chamado foi o que mais me impactou, deu para entender? Que ser santo não se resume apenas a um grupo de pessoas, mas é um chamado pra mim e para você? O que precisamos é de uma decisão livre e consciente da disposição necessária para isso!

Você tem noção do que o seu ‘sim’ e a sua fidelidade podem realizar neste mundo? Cara, nós podemos transformar um ambiente, uma cidade, uma sociedade, uma nação!!! Crianças que respiram santidade, vindo de irmãos santos, de pais santos, uma família santa, uma GERAÇÃO SANTA! Que luta e não pára enquanto não chegar a hora, e ele virá! Ainda falta um pouco de tempo – sem dúvida, bem pouco -, e o que há de vir virá e não tardará. Hb 10,37. “Que a santidade da minha vida apresse o Senhor e ele logo virá” (Mons. Jonas Abib)

Existem tantos santos com histórias de vida semelhantes às nossas, mas nem imaginamos que eles possam existir. A ideia desta coluna é justamente ir mais profundo na história e espiritualidade destes santos, trazendo o maior conteúdo possível de bibliografia, documentários, livros e sites, comparando tudo isso com a nossa história e observando o que temos de comum com eles, sabe !?

Queremos falar aqui de gente que gastou sua vida pelo Reino, que se doou pelo Evangelho, pelo Esposo, até a última gota e que, nesta decisão de entrega total, foram verdadeiramente felizes. Pretendemos revelar de forma acessível a vida dos santos, as lutas, vitórias, derrotas e tudo o que aprenderam, sabendo que no fim Deus reina. Que, pela graça de Deus e pelo exemplo dos santos, nós possamos decidir pela santidade!

Chamados à SANTIDADE! Este convite é acompanhado de uma exigência: romper com o pecado e com o mundo, despojar-se inteiramente dos bens mundanos e seguir Jesus. Estar disposto a amar a Deus com todo o coração, com toda a alma, com todo entendimento, pagar o preço do amor.

O propósito de ser santo exige uma Decisão radical. “Jesus fixou nele o olhar, amou-o e disse-lhe: “Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me.” (Mc10, 21) De que preciso me desprender hoje? Qual a minha resposta a este convite?

Topa este desafio? Então deixe o seu comentário e a sugestão de um santo que você queira ler sobre! Vamos escrever juntos ?Compartilhe para alcançar mais pessoas!!

DEVOÇÕES – Um pouco da minha história

Logo após ao meu meu encontro pessoal com Jesus, a primeira devoção que tive foi à Divina Misericórdia, conheci Santa Faustina através de São João Paulo II e a contemplação dos escritos do Diário* passaram a fazer parte do meu cotidiano.

Alguns anos depois eu, já conhecendo um pouco a história de Santa Teresinha do Menino Jesus, fui impulsionada a conhecê-la mais profundamente. Havia em mim uma certa resistência, pois todas as pessoas que eu conhecia tinham ela como devoção, até que eu, por fim, percebi que não havia compreendido que ela já era super presente na minha vida (…)

No meu último ano de faculdade, quando estava me organizando para ingressar na comunidade de vida, um amigo frade da ordem dos Carmelitas Descalços, me falava muito sobre ela. Ao ler o “Manuscrito C”, do livro História de uma alma, foi como um mergulhar na minha história e no que eu estava vivendo naquele momento, não que eu me compare a ela, mas eu pude aprender com o seu testemunho a passar pelos sofrimentos que me desconcertavam. Essa devoção foi fundamental no discernimento do meu estado de vida e no meu coração existia a sede de corresponder ao chamado de santidade que Deus me fazia, é inegável que se trata de um objetivo elevado e árduo.

Mas eu ainda precisava entender como Deus me convidava a percorrer este caminho, se era pela vida religiosa (e/ou celibato) ou matrimonial. Contando com a intercessão de Santa Teresinha neste processo de discernimento, eu pude entender como Deus me sonhava e decidi deixar que os planos divinos se tornassem realidade em minha vida. Neste caminho percebi que a minha visão sobre o matrimônio não estava correta, não acreditava que esta seria uma maneira de santificação e, infelizmente, essa ainda é a visão de muitos por aí. Não entenderam a verdadeira beleza e o real sentido da entrega que é o matrimônio, não sabem que Cristo fez do casamento um caminho divino de santidade.

Hoje estamos a 3 meses do dia tão sonhado e Santa Teresinha tem sido a cada dia mais presente neste tempo de preparação, eu e Guilherme confiamos na intercessão dela em nosso matrimônio, desde a nossa formação pessoal até na providência de cada detalhe, e nós cremos neste cuidado, nesta chuva de rosas!

Leia tbm:

  • Adriana Silva

    Um santo são joão da cruz

    • Silmara Gonçalves

      Nossa Adriana, uma super indicação!!!
      Deus lhe abençoe amada!!!

  • Giovane Carlos

    Tenho certeza que será uma das melhores colunas!!!
    Admiro muito a vida dos santos, sempre gostei. Eles me chamam a atenção!
    Sugiro aprofundar um pouco mais na vida de Santa Teresinha do Menino Jesus e Santa Teresa de Jesus. Duas mulheres autenticas que souberam em tudo amar Jesus!

    • Silmara Gonçalves

      Amém Giovane!!!
      Que o bom Deus nos capacite!! Quanto a sua indicação, eu gostei muito, quero falar muito aqui destas santas mulheres, que souberam honrar com a vida o Nosso Senhor!!!! Obrigada
      Deus lhe abençoe!!!

  • Matheus Jardim

    Mais sobre a história de Santa Teresinha do Menino Jesus, Teresa d’Ávila também!
    Santo Agostinho! 😀

    • Silmara Gonçalves

      Eita Matheus, só galera S e n s a c i o n a l!!! Toop as indicações!!! Deus lhe abençoe!

  • Maxsuell Roger Caetano

    O legal foi ler imaginando vc falando, kkk.
    Que Deus continue abençoando vc e o Guilherme, Sil.
    Então sobre a sugestão, poderia falar um pouco sobre a Beata Chiara Lucy e Beata Elena Guerra!

    • Silmara Gonçalves

      haha
      ahhh Max, você entendeu a parada huahua
      Amém meu querido, conto com suas orações!!!
      Achei massa estas sugestões!!!! Abraçãoo!!!

  • Cintia Ramos

    Aahh que beleza essas palavras! Conhecer a vida dos Santos nos impulsiona no caminho de santidade e nos faz crer que sim, é possível ser Santo!
    Já sou fã dessa coluna aqui, e quero muito ver a história do meu amigo do céu São Josemaria Escrivá. <3

    • Silmara Gonçalves

      Cíntia, é justamente isso que impulsiona essa coluna, minha querida! Quanto a sua indicação, eu particularmente gostei muitoooo!!! Deus lhe abençoe!!!

  • Rogerio Divino

    Deus abençoe sua vida seu testemunho, ou Santos ou nada ! Quem sabe você poderá falar da vida de Santa Margarida Alácoc. Salve Maria!

    • Silmara Gonçalves

      Amém Rogério!! Gostei da indicação, Deus lhe abençoe!!

  • Martina Gomes

    Poderia falar sobre o garoto São José Luiz Sanchez Del Río, Viva a Cristo Rei… Recentemente canonizado

    • Silmara Gonçalves

      Obrigada Martina pela indicação!!!
      Deus lhe abençoe!!

  • Amanda Maria Oliveira

    Linda a sua coluna Silmara, já estou louca para ler mais. Gostaria de ler sobre São Paulo. Que Deus abençoe vc e seu casamento.

    • Silmara Gonçalves

      Obrigada Amanda pela indicação!! Deus lhe abençoe!

  • Priscilla Rocha

    Olá Silmara, li seu segundo post e vim pra cá ler o primeiro. Falar de caridade em faculdade só pode ser no curso de Serviço Social não é!? Sou sua colega de profissão, hehehe… Sua coluna aqui no blog vai preencher uma lacuna que tenho buscado que é saber mais sobre a vida dos santos, amei!!!
    Uma sugestão para tratar seria de Santa Catarina de Siena, vi um programa na TV sobre ela esses dias e que loucura (boa) foi a vida dela, e gostaria de saber mais!
    Grande abraço!

Scroll Up