ESPIRITUALIDADE DO CASAL MATRIMÔNIO

Os pequenos detalhes fazem toda diferença

Existem fases na vida conjugal que são muito importantes para o crescimento humano e espiritual de um casal. O tempo que vivemos, logo no início do Matrimônio, é algo fantástico. Duas pessoas se conhecendo, se descobrindo, num período muito bom, novo e edificante. Eu acredito que é uma fase essencial para que os dois sejam firmados na rocha tanto em oração quanto em conhecimento humano um do outro.

É tão importante que, se não existir intimidade um com o outro no início do matrimônio, passarão os anos e não haverá lembrança em seu coração de como era no início. Fazer memória dos bons momentos faz parte do Sacramento, assim como relembrar os momentos de felicidade, a intimidade e as descobertas do amor um pelo outro. Sem o período de conhecimento e de entrega total um pelo outro, o casal dificilmente superará as crises que surgem em todo relacionamento.

A crise existe dentro do casamento e não há uma certeza sobre o porquê, porém, um casal que está em Deus trabalha essas crises e lida com as situações do dia a dia de forma diferente de um casal que não está em Deus. Um casal que busca estar na vontade de Deus, quando em momentos de estresse, busca resolver tudo antes de dormir. Não deixa para o dia seguinte ou para o mês que vem. Já aqueles que não estão em Deus, deixam os problemas do dia a dia os sucumbir, não se resolvem e deixam de lado, um dia após o outro, acordando como se nada tivesse acontecido. É essencial identificarmos onde deixamos Satanás entrar no Matrimônio. Precisamos entender que só existe Amor onde um morre pelo outro, onde um pede perdão ao outro, caso contrário, haverá desunião, separação.

O momento da crise pode chegar pela falta de zelo com o Matrimônio, pela falta de doação, de escuta, de partilha. Nesse momento, a crise toma o lugar que deve ser do Amor de Deus, ou seja, o espaço vazio é preenchido por tais problemas. Nós cremos que Deus nos uniu até o final, então não podemos deixar que Satanás roube aquilo que Deus nos deu. Você e eu precisamos lutar até o final pelos nossos Matrimônios, mesmo quando os “amigos” dizem que não há mais jeito. Acreditamos que há jeito sim, pois, se Deus me deu é porque há um jeito, nós não podemos deixar se perder aquilo que é nosso.

Uma crise não acontece da noite para o dia, ela cria raízes dentro do Matrimônio quando, em primeiro lugar, acaba a intimidade de um casal, depois, o diálogo, a relação sexual e, por fim, o Matrimônio.

Como eu posso fazer para que meu Matrimônio seja sadio ou mais santo?

Um casal não pode viver enformado dentro de casa, trabalhando de segunda a segunda, sem ter um tempo somente para os dois. Precisam de um momento sem os filhos, sogro, sogra, parentes, etc. Um momento dos dois e pelo menos uma vez por mês. O dinheiro não é mais importante que seu Matrimônio, mas um dinheiro gasto com os dois ajudará na santidade e na frutificação do casal. Vivemos com uma pessoa que tem sentimentos e vontades, então, um bom passeio, jantar, almoço diferente ou uma aventura diferente.

Um exemplo: sair logo de manhã, somente os dois, e assistir o nascer do sol, o sol se pôr, contemplar o céu deitados no chão em algum lugar. São coisas pequenas, mas que fazem a diferença, pois são a partilha e a vivência dos dois como um. Fazer algo diferente para seu cônjuge, algo que ele goste: uma surpresa, um chocolate, um bilhetinho. Não precisa ser algo caro, pois o que interessa é que você lembrou de quem você ama e quer demonstrar esse amor através daquele pequeno ato que move o coração dela a sempre fazer memória desses momentos especiais. Surpresa é essencial para partilhar a vida.

Vida de oração, ter um tempo para os dois, um momento separado para entrarem em oração na presença de Jesus. Falar com Jesus, durante o dia, como foi entregar a Ele suas vontades, seus sonhos. O casal, em oração, tem o poder de mover o Coração de Jesus a seu favor, pois, tudo o que precisamos enquanto casal é ter um coração sincero e verdadeiro.

Espero que esse texto tenha te ajudado no seu Matrimônio. Não deixe o inimigo roubar aquilo que Deus te deu.

Deus abençoe! Salve, Maria!

“Que o Sol não venha a se pôr sobre o ressentimento de um casal.”

Leia tbm:

Scroll Up