ESPIRITUALIDADE DO CASAL MATRIMÔNIO

Namoro: uma preparação para o casamento

Hoje em dia o namoro está um pouco fora de moda. Como podemos ver por aí, a galera prefere a típica “ficada”, por não querer assumir um compromisso verdadeiro. Nessa geração egoísta em que vivemos, assumir qualquer tipo de compromisso significa abrir mão da própria felicidade e liberdade. Adotando essa visão, as pessoas preferem viver de momentos por toda a vida, como se, na vida, tudo fosse sempre assim.

Mas o que de fato é o namoro?

O namoro nada mais é do que um tempo de preparação para o casamento, até porque um namoro sem a finalidade de gerar uma união matrimonial não faz o menor sentido. Muitos casais cristãos, antes de namorarem, passam por um período de oração, jejum e discernimento no qual eles não agem como namorados (mãos dadas, carinhos, beijos, abraços, presentes, conhecer os pais etc.), mas se respeitam e possuem um compromisso entre si, um compromisso de oração e escuta a ‘Deus. Mas, como essa não é a realidade de todos os casais, o ideal mesmo é viver bem o tempo de namoro.

O período do namoro é um tempo em que o sentimento dá espaço, também, à razão. Deixa de ser apenas “borboletas no estomago” para ser algo mais concreto. Sendo ainda mais clara, nesse tempo de namoro você passa a conhecer melhor a pessoa, deixa de vê-la como um sonho perfeito, sem defeitos e passa a ver realmente como ela é, com suas falhas e erros, como todo ser humano. A partir daí, entra a real decisão de estar com aquela pessoa, por quem ela é, e não por aquilo que você acha dela ou quer que ela seja.

Nesse tempo é importante que haja muita conversa (e quando eu digo muita, é MUITA MESMO). Conversas sobre os mais variados temas: quem são vocês; o que gostam de fazer; o que gostam de comer; lugares que gostam de ir e principalmente sobre os sonhos que têm para as suas vidas. É claro que nenhum casal é perfeito e gosta exatamente das mesmas coisas, mas através dessas partilhas vocês saberão se há, entre os dois, ao menos um entendimento básico.

Tudo muda com o namoro, ele vem sempre para tornar a pessoa melhor, seja com a própria família ou com os amigos. E, o principal, aproxima de ‘Deus, faz querer saber mais sobre a castidade, sobre o que Igreja ensina sobre o casamento e todas as coisas que, dentro dessa vocação, podem levar os dois juntos para o céu. Uma dica bem legal para o período de namoro é: estudarem juntos. Seja a Bíblia, o Catecismo, seja a partilha da Lectio ou a oração do terço. Estejam em comunhão e caminhem em direção ao céu.

É necessário que haja, também, respeito, tanto com você mesmo, quanto com o outro. Acredito que o respeito é essencial para que um não se sinta dono do outro, afinal, em um relacionamento não deve existir um sentimento de posse, mas de entrega. É sempre importante, também, questionar o quanto eu me dedico a esse relacionamento; a importância que dou ao meu namorado(a) e o tempo que eu dedico a ele(a).

Se a pessoa se vê chamada ao matrimônio, o namoro é um dos primeiros passos da longa jornada em direção ao céu, por isso, é preciso enxergar, no namoro, os sinais de ‘Deus. Para isso, é muito importante conhecer bem a pessoa com quem você decidiu trilhar esse caminho. Afinal, um namoro vivido conforme a vontade de ‘Deus, na castidade, com muita conversa e amizade gerará frutos maravilhosos que, com certeza, serão colhidos no casamento.

Tô amando os comentários, as partilhas e as dicas. Obrigada, de coração, pelo carinho de todos vocês!
Vamos juntos para o céu!

Leia tbm:

  • Ana Maria

    Ensinamento ❤

    • Dayane Tonon

      ♥♥

  • Pamela Pascoalato de Maria

    É isso que eu estou falando! ❤🕇

    • Dayane Tonon

      <3

  • Mábia Santos

    Eu amei essa partilha. Tenho 17 anos e nunca namorei, nem “fiquei” com algum garoto.
    Muitos acham que sou boba e antiquada, outros acham que estou mentindo. A verdade é que não ligo. Muitas vezes fico triste por essa demora, mas logo coloco na cabeça que Deus me pede espera e que valerá à pena.
    Enfim… sigo na fé.

    P.S.: O André Luis precisa aparecer nos vídeos do Youtube ou até escrever seu testemunho.

    Algo me diz que ele tem muito a nos ensinar… (e ele canta muito bem!)

    • Dayane Tonon

      Com certeza vale a pena esperar. Você não vai se arrepender!

Scroll Up