JESUS, MINHA VERDADE

JESUS MINHA VERDADE POR ALEX SANTOS

 
 

Quando eu era criança sempre sonhei em conhecer o mundo.

Sonhava com um castelo de dragões e cavalos alados que existia em um pé de goiaba no quintal da minha casa! Eu brincava entre as folhas e comia goiaba durante a diversão, (risos). Desde cedo uma coisa me tocava, era o desejo de ser levado por um dos meus amigos imaginários dessa brincadeira de criança - talvez essa fosse uma forma inconsciente, uma esperança de fugir da realidade.

Eu sempre tive uma vida simples, meu pai era mecânico e durante a minha infância e adolescência, minha mãe só trabalhava no lar e sempre tive mais apego a ela do que ao meu pai. Minha mãe, apesar de ser quem mais me bateu em comparação ao meu pai, foi quem mais se compadeceu das minhas quedas, e foi ela também quem mais as chorou! Não coloco a culpa da dureza do meu pai somente nele, pois ele também teve uma vida bem difícil. Um pai que não deu muita atenção a ele quando criança, precisou trabalhar cedo, e nunca teve nada fácil. Trabalhou duro a vida inteira pra poder conquistar o que conquistou na vida. Sem dúvida, meu pai é um exemplo de determinação e compromisso ao trabalho e carreira.

Mas, apesar de ter um bom exemplo dentro de casa, nunca fui uma criança muito obediente. Dei muito trabalho pra minha mãe e me lembro que na época que comecei a fumar na escola, matar aula, mentir e roubar dinheiro da conta do meu pai. Até que um anjo veio na minha casa (Tia Divina) e me convenceu a fazer um retiro da Igreja.

Na época eu tinha 13 anos e só fui ao EAC (Encontro de adolescentes com Cristo) porque minha tia disse que teria muita comida rs, e foi lá nesse retiro a primeira vez que eu me senti tocado por Jesus!

No fim do retiro, quando eu já havia bagunçado tudo que podia e ter fingido que não me importava com a vergonha de demonstrar "fraqueza" pros meus colegas que estavam no retiro também,  quando disseram que iria entrar o responsável por tudo aquilo, a razão central de tudo, que entrou um casal de adolescentes com um quadro de Jesus daqueles que se vende no camelô (era em 3D. De um lado você vê Ele de um jeito, dai mexe um pouco e Ele muda a imagem).

Mano! Eu não sei se tu tá ligado, mas olhando para aquele quadro zoado de Jesus eu senti um amor tremendo que  tomou conta da minha emoção e razão naquele momento!

Foi tão forte que eu comecei a chorar e fiquei chorando por mais de uma hora! Me trouxeram água com açúcar e tentaram me acalmar.

Lembro que quando saímos e fomos para a Missa de Encerramento na paróquia, eles me deram uma vela acesa e eu entrei na igreja escura com as luzes apagadas e tive de procurar os meus pais. Quando os encontrei, acendi as velas que eles carregavam e todos do retiro o fizeram, e a igreja toda se iluminou! Era a luz de Cristo entrando na minha família!

E, então, minha vida mudou. Com o tempo meus pais fizeram o retiro para casais, se tornaram coordenadores e Ministros da Eucaristia, e eu servi nesse grupo por muitos anos. Cheguei a fazer caminho vocacional no seminário, mas discerni que não tinha chamado ao celibato. Fiz muitos amigos e acabei me tornando músico e líder na minha paróquia. Apesar de ter tido altos e baixos durante os anos de serviço, sempre desejei fazer com que as pessoas sentissem e experimentassem aquilo que eu senti naquele retiro, e isso eu fazia de bom coração.

Mas existia uma falha no meu relacionamento com Deus: eu não rezava!

Sempre fui uma pessoa agitada e inteligente, e com a minha vida espiritual acabava me sabotando muito facilmente e, com isso, entrava em conflito e sempre me deixava levar por desejos. Isso era algo que eu não fazia ideia de ser tão sério, mas vivia ali com alguns pecados de estimação, e uma relação com Deus baseada no momento. Se eu estou na igreja, eu rezo. Se não estou, "deixo a vida me levar" e confio que Jesus está no controle de tudo.

Meu Deus! Se eu fizesse ideia desse perigo talvez muitas das mazelas que passei na vida teriam sido evitadas!

Aos 23 anos de idade, quando já era expert em manipular e sabotar a minha relação com Jesus, eu tive uma desavença na igreja e uma decepção com meu pároco, nisso eu usei de desculpa para abandonar o serviço pastoral na igreja e ministérios. Comecei a sair constantemente e a beber muito. Minha família sempre teve problemas com bebida, tanto do lado do meu pai quanto da minha mãe, mas.. eu? Eu me achava incorruptível! Porém, já estava corrompido pelo orgulho e pelo meu super ego.

 
 

Eu trabalhava numa empresa conceituada, ganhava relativamente bem para a minha idade, mas me lembro de uma noite que fui a um bar me encontrar com amigos para beber e lá conheci uma galera um pouco diferente.

Me lembro de alguns flexes dessa noite, onde fomos ao estacionamento e lá havia uma moto. Eles viraram o espelho dela para cima e fizeram umas "carreiras" de cocaína, me entregaram uma nota enrolada e disseram: "Dá um tiro aí, vey!", na hora eu não sabia o que fazer direito e acabei derramando a droga no chão. Eles fizeram piada, e eu fiquei profundamente decepcionado comigo mesmo, mas essa fora a primeira experiência. Foi preciso um "sim" para satanás, pra ele investir uma armada inteira contra a minha vida e minha família.

Eu continuei a sair com eles, acabei por ceder e comecei a usar a droga. Fui a muitas festas e conheci muitas outras pessoas que usavam. Descobri que era um outro mundo, com um sistema próprio embutido no "mundo normal", me encantei com essa vida e, cada vez mais, fui dando meu sim a isso.. pouco a pouco fui me esquecendo da fé, "uma casa construída sobre areia".

Fui viciado por mais de 4 anos e nesse tempo conheci pessoas influentes nesse meio. Fui do luxo ao lixo, literalmente. Perdi meu emprego, perdi minha namorada, perdi o respeito e a dignidade. Me lembro de vezes que encontrava alguém da "época de igreja" e muitos deles atravessavam a rua para não ter que me cumprimentar. A dependência me tirou o gosto e a esperança. Eu até percebia como estava, mas não tinha forças para sair, e isso me consumia. Cheguei ao fundo do poço, mendigava com os colegas a droga e já tinha o nome zuado até entre os usuários. Dessa vida eu não tinha mais esperanças de sair.

Me lembro de uma vez que cheguei em casa de madrugada depois de ter usado muita droga, sem conseguir dormir, escutei no fone de ouvido do meu irmão que estava dormindo em outra cama, uma música de uma banda que eu gostava no tempo da igreja, e nesse momento eu me lembrei de como era lá, e logo comecei a pensar na minha vida: eu estava acabado e nesse momento fiz uma oração bem simples pra Deus: "Deus, se você existe mesmo, leve a minha vida! Eu não quero mais viver! Prefiro morrer a viver isso. Então leve a minha vida nessa noite."

Às vezes olhamos pra nossa condição e não vemos esperança de melhoria, mas Jesus é aquele que olha pra quem eu sou na essência! Ele não vê só o hoje, Ele vê o dia em que eu fui sonhado por ele pra viver, e ele se lembra de todos os sonhos que teve pra mim quando me fez! — Nesse momento te convido a fazer uma oração. Eu não sei em que condição você se encontra nessa vida ou se tem alguém que vive algo desse tipo, mas naquele dia eu fiz uma oração que mudaria a minha vida para sempre, então acredite, e vamos orar: "Deus, meu Pai! Eu creio que o Senhor tem o melhor pra mim, creio também que o Senhor não me sonhou para escravidão! Por isso, Deus, eu te peço, que pelo sangue do seu filho Jesus, que remiu todos os pecados do mundo, liberta-me desse vício, e lembra à minha alma o quanto o Senhor me ama! O quanto que a minha felicidade é sonhada por Ti, por isso eu te peço, me levante do chão e restaure a minha vida! Desde já eu te agradeço, amém! —

Eu me lembro de ter acordado no outro dia, nem me lembrava daquela oração, mas fui sobrevivendo. Muita coisa aconteceu até que uns amigos vieram me convidar a participar do grupo de jovens deles, nessa época eu estava morando de favor na casa de um amigo pois acabará de conseguir um emprego em outra cidade. Esses amigos sabiam que eu era usuário mas eles fizeram questão de me acolher e de me ajudar. Quem dera se todos os grupos de jovens das igrejas investissem em pessoas perdidas, talvez assim o nosso país não estivesse na situação que está! Enfim, fui para o grupo deles, e lá eu me senti amado, acolhido e tive força para decidir sair da vida que eu levava.

Cara, não foi algo fácil! Eu já não tinha mais a fé, não acreditava na pessoas, mas o testemunho daqueles meninos me convenceu a tentar! Fui ficando, caia às vezes, mas eu continuei! Demorei quase dois anos até não ter mais quedas, e isso tudo só se deu por um motivo: eu me decidi e fui ajudado!

O segredo do Reino de Deus está no amor ao próximo! Isso é fazer o Reino acontecer!

Depois de dois anos tive uma experiência com Jesus no meu quarto. Estava ouvindo música cristã e comecei a rezar e a chorar!

Lembro de ter dito pra Jesus: "Jesus, mude a minha vida que eu prometo te honrar até o último dia da minha vida!"

Eu senti um amor tremendo, como na primeira vez eu O experimentei! Nesse momento a minha alma se lembrou.

Tenho tentado cumprir o que prometi a Ele nesse dia. Depois disso, sempre dizia sim para as coisas de Deus e nesse caminho conheci a colo de Deus.

No primeiro momento, senti algo muito diferente na oração deles e sentia uma presença muito grande da Virgem Maria, isso chamou muita minha atenção. Foi aí que levei pro meu grupo e começamos a cantar as canções deles e nos aproximamos, marcamos uma missão com uns missionários e acabei me encontrando com o carisma. Lembro da primeira vez que rezei com eles, senti que um grito no meu coração que existia a anos, havia de calado e eu pude ser livre de verdade na presença de Deus. Foi surreal!

Sendo pastoreado por eles descobri que muitos pecados de estimação eu ainda carregava comigo, e pouco a pouco fui sendo ajudado, fui vencendo um a um!

É preciso renovar meu SIM a Deus todos os dias até hoje, afinal de contas a misericórdia se renova todos os dias!

Hoje, depois de 2 anos de ter conhecido a comunidade, já sou comunidade de vida e vivo pela missão de anunciar o evangelho de Jesus, o mesmo que me libertou do vício das drogas!

Não é uma vida fácil, longe do Instagram e das redes sociais tenho conflitos e muita coisa a melhorar, mas tenho a certeza de que encontrei o meu lugar, lugar de gente imperfeita, mas com um amor tremendo à Jesus, que nos ensina a nos amar mesmo com todas as misérias.

A oração que eu fiz no meu quarto aquele dia drogado pedindo pra Deus retirar a minha vida se cumpriu. Deus tirou a minha vida, e me deu uma vocação, ser missionário leigo consagrado.

Muitos sonhos deixei o pecado me roubar, mas um sonho Deus protegeu pra mim. Aquele menino que brincava no pé de goiaba na casa da mãe conseguiu voar em seu cavalo alado, e hoje, mesmo com muito ainda a se aprender e a mudar, ele pode dizer: Acredite nos seus sonhos, pois Deus o sonhou para a plenitude e Ele é o único capaz de preencher tudo o que lhe faltar, POIS SEU AMOR É MELHOR DO QUE A VIDA, É MELHOR DO QUE O PECADO!

Não perde tempo, ore agora mesmo! Jesus, minha verdade, descobri o maior tesouro desse mundo, o amor de Deus!

Seja bem vindo de volta você também: SHURIS!

Leia tbm:

  • Alisson Queiroz

    Saudades imensa irmão, chorei aqui ao ler essas palavras simples e doces. Muito obrigado por todas aquelas conversas que tivemos, por todo incentivo que me destes para seguir meu sonho, por tudo que vivenciamos nesses anos em que tivemos juntos.

    ” DEUS NÃO ESCOLHE OS CAPACITADOS, CAPACITA OS ESCOLHIDOS”

    Que todos os membros renovem o seu sim todos os DIAS, pois um simples abraço, uma simples palavra pode mudar a vida de uma pessoa que está perdida. Espero te ver em breve irmão!

    • Alex George

      Meu amigo que saudade, muito devo a Deus pela sua amizade e pela sua vida. Em muitos dias difíceis você foi sempre amigo e fiel, deus abençoe a sua vida e conte sempre comigo! Te amo

  • Mirella

    Cada vez mais me encanto pela misericórdia de Deus que age quando abrimos nossa boca pra falar palavras simples. Que seu sim seja fincado na rocha firme, nego!

Scroll Up