PALAVRA DO FUNDADOR

“E vós, quem dizeis que eu sou?”

Então perguntou-lhes Jesus: E vós, quem dizeis que eu sou? Respondeu Pedro: Tu és o Cristo.   (Marcos: 8;29) 

É muito oportuno refletir sobre essa pergunta de grande relevância que Jesus faz durante uma de suas caminhadas. ‘Ele, dessa forma, nos mostra que é na caminhada da vida que devemos concluir quem é ‘Jesus para nós mesmos e essa conclusão torna-se fundamental para o nosso modo de viver. Ele continua a perguntar para mim, para ti, para todos nós: “E vós, quem dizeis que eu sou?” e, diante desse questionamento, nós simplesmente não podemos deixar de dar uma resposta.

Não vamos, todavia, pensar que seja fácil, humanamente falando, definir interiormente quem é Jesus, até porque a sabedoria humana, de modo geral, não consegue, por si só, definir os mistérios da fé. Dizer o que os outros dizem sobre Jesus é muito fácil, mas definir de modo pessoal quem é ‘Jesus com a intenção de, assim, poder ajustar a própria vida a partir d’Ele é uma tarefa difícil. E, ‘Jesus é bem objetivo em sua pergunta: “E vós, quem dizeis que eu sou?”, a nossa definição sobre ‘Cristo resultará no nosso modo de viver e testemunhar a fé.

Será que ‘Jesus tem liberdade de nos fazer esta mesma pergunta? Que idade temos? Já não seria mais do que o momento justo para sabermos dar uma resposta convincente sobre quem é ‘Jesus em nossa vida? Se nos deixarmos alcançar pela graça certamente não correremos o risco de errar em nossa resposta.

Leia tbm:

  • Mauri Júnior Rocha

    Hugo, que Deus pai continue inspirando você e seu ministério, a cada vez mais alcançar as almas daqueles que são sedentos de Deus…

Scroll Up