With You

DEUS SE FAZ REAL NA PALAVRA

Tomando café e escrevendo 23:11 da noite, pedindo ajuda para Jesus porque eu não vou conseguir outro tempo pra escrever. Agora sim eu to me sentindo um missionário blogueiro (HAHA).
Eu tenho que confessar uma coisa a vocês. Eu tenho uma dificuldade IMENSA de ler a Bíblia. É sério. E eu vejo que nós, jovens católicos sofremos penosamente disso. Mas sofremos disso porque não temos consciência do seguinte fato que, a Bíblia é o nosso lugar de encontro com Jesus, é lá que eu encontro respostas, inspirações, base, argumento e conheço quem Ele foi, é e sempre será. Por vezes esquecemos que Deus se faz real na Palavra.

Esses dias, quando eu estava em São Paulo, eu encontrei com uma pessoa e ela partilhava comigo sobre essa dificuldade de ler a Bíblia e tudo o mais, e eu pensei comigo: “Ufa, ainda bem que eu não sou o único.” Jesus tem me dito sobre pessoas que querem ler mas não conseguem, que tentam, mas que parece que algo não vai, parece que sei lá, simplesmente não vai; e eu quero dizer que entendo você, e acredite ou não, Ele também te entende. Nós ainda não temos noção da importância da Bíblia na nossa fé.

Jesus é chamado de o Verbo que se fez carne. Verbo. Palavra. Ação. A Palavra do Pai que se fez carne, a própria promessa de Deus que se fez real, o salvador tão esperado e prometido que veio até nós, uma humanidade na maioria das vezes incrédula. Você tem noção disso? A partir do momento em que não conhecemos a palavra, não conhecemos Jesus, e isso não sou eu dizendo, mas sim são Jerônimo, o santo que traduziu a Bíblia da linguagem original, para o latim. Isso é muito sério. Temos admirado tanto os nossos irmãos evangélicos a respeito da intimidade deles com Deus e com as Sagradas Escrituras, mas o que nós católicos temos feito para conseguirmos uma intimidade com Jesus e com a Palavra? Acho que já falei isso aqui, mas gosto de insistir nisso: é necessário gastar tempo. Não tem jeito, não tem outra forma, nós só vamos conseguir uma intimidade concreta com Jesus e com a Palavra a partir do momento em que gastarmos tempo nos empenhando nisso. Se temos buscado verdadeira intimidade com Deus, vamos buscar conhecê-Lo na Palavra, para podermos também conhecê-Lo de forma mais real no nosso individual com Ele, no tal do “face to face”.

Muitas vezes reclamamos que Deus não fala com a gente, que Ele não nos manda sinais e muito menos reponde aquilo que tanto O questionamos; esquecemos que Deus não é um Deus de sinais, mas sim um Deus de respostas concretas. Posso dizer que as vezes em que Deus falou comigo, de maneira mais certeira e direta, foi através das Sagradas Escrituras, foram as promessas mais concretas e as dúvidas melhores respondidas da minha vida. São Francisco de Assis, (meu baluarte em que sou mais apaixonado), vai dizer que ler a Bíblia é pedir o conselho de Jesus. Quando vi essa frase eu parei e pensei o quanto eu estou panguando no rolê, cara, muitas vezes nos questionamos tanto em respeito ao que Deus quer da nossa vida, esperando que Ele desça do Céu e fale em alto e bom tom, enquanto a nossas Bíblias estão guardadas no fundo de nossas gavetas do guarda-roupa ou de enfeite nas nossas mochilas. Há quanto tempo você tá pedindo respostas pra Deus e não as procurou e nem mesmo a pediu na Palavra? Isso tudo serve muito para mim, me questiono de tanta coisa, mas esqueço de procurar a resposta direto na fonte. Eu vejo a Bíblia como um manancial de graças, mas que por conta da nossa preguiça típica deixamos essa fonte de lado e escolhemos ficar morrendo de sede por nossa falta de confiança e coragem de ir buscar as principais respostas da nossa vida lá.

Nesses últimos dias eu estava com o meu Fundador e ele pedis para Deus algumas respostas, e em uma oração espontânea pedia respostas através das Escrituras, e não contente com uma resposta ele pedia mais confirmações através da Bíblia também, ele clamava, abria, lia e discernia. E posso te falar uma coisa? Deus falou, e falou muito. Enquanto eu observava esse ocorrido, lembrava também de São Francisco de Assis, que ao ler alguns de seus acontecimentos e histórias, chamados “Fioretes” fazia a mesma coisa para alcançar respostas por parte de Deus, e eu pude ver, é real, Deus fala na Palavra. Mas com tudo isso eu te digo uma coisa, não seja um interesseiro, seja intimo, muitas vezes nós buscamos as respostas de Deus, mas não buscamos o Deus de respostas; compreende? Eu espero que você tenha realmente entendido essa reflexão. Deus fala e se deixa encontrar na Palavra.

Tá esperando o que pra ir conhecer mais Dele e aquilo que Ele tem pra sua vida? Nós só podemos falar com propriedade sobre aquilo que conhecemos… Talvez por isso ainda não cativamos as pessoas o suficiente quando falamos de Jesus; porque ainda não conhecemos profundamente à Ele. Eu não sei você, mas eu quero conhecer mais de Deus.

Go to read now!

 

Leia tbm:

  • Carol

    Obrigada por me fazer sentir que Deus é tão acessível quanto ao colega do meu lado. Em diversas vezes procurava a “resposta” de Deus em palavras que as pregações eram ditas.. mais as vezes, diversas vezes a ‘resposta’ que vinha era pra outro irmão. Acontece que depois de ler esse post me deu muita sede mais de ler a palavra. Obrigadaaaa Deus por ainda acreditar em mim e se fazer presente em cada aspecto da minha vida, e principalmente por deixar a sua palavra

    • Matheus Ramos

      Deus nunca vai desistir de você, você é a filha amada dos olhos Dele (=, suas respostas estão na Palavra, vai lá!

Scroll Up