O CHAMADO

O maior conflito é sentir o chamado mas se achar incapaz de estar no ministério, ou com medo por nunca ter feito uma aula de dança, por ‘’ser todo duro’’, ‘’todo desajeitado’’, mas ter em seu coração um grande sonho e vontade. Deixa eu te falar uma coisa, ‘Deus não chama apenas bailarinos profissionais para o Ministério de Dança, ‘Ele chama também você, que se acha desqualificado e incapacitado, que cria um monte de barreiras para o seu chamado.

O sentimento de incapacidade pode acontecer até mesmo com quem já está no ministério, mas quando ‘Deus nos chama a exercer algo ‘Ele nos capacita, seja por meio de um irmão ou por uma iniciativa própria, como a de começar a fazer aulas de dança. Sim, é necessário que você melhore (vou tentar te convencer disso com o exemplo dado aqui em baixo) e ajude seu ministério a crescer, a técnica faz parte deste crescimento mas, claro, não se pode deixar de lado a espiritualidade.

Agora, imagine que eu, Ayra, me sinto chamada ao ministério de música para tocar violão (rsrsrs), e, cara, o Senhor me confirmou que é isso, porém eu nunca toquei violão na minha vida. Só porque ‘Deus confirmou esse meu chamado vou pegar o violão e já sair tocando? Caraca, imagina o que ia sair ?(kkkkkkkk) Eu não saberia tocar nenhuma música e, sendo assim, precisaria aprender a tocar antes, ou com a ajuda de um irmão, como eu disse, ou procurando uma aula.

Se você tem um bailarino dentro do seu ministério a função dele é, também, te ajudar a crescer, dando aulas e exercícios básicos para a dança. Caso não tenha, aconselho você a procurar uma aula, seja de Ballet, Street, Jazz ou Contemporâneo, o estilo fica a seu critério. E, já dizendo, mesmo que você não tenha como fazer nenhuma dessas coisas, persista em seu ministério, ‘Deus irá te formar, basta você querer. Hoje temos outros meios também, como o Youtube, por exemplo, então não existe desculpa para não aceitar o ministério ao qual ‘Deus te chama, dê um passo e siga em frente.

Deixe agora eu acalmar você, que nunca fez aula e que quer estar, ou já está, em um ministério de dança. Fique sabendo que é mais difícil, para o bailarino que já sabe dançar, ser de ‘Jesus, do que você se tornar um ministro de dança, afinal técnica qualquer pode adiquirir com a prática, agora ser de ‘Jesus exige um grande esforço, um sacrifício em mudar de vida e começar de novo. Você pode ser o melhor dançarino dentro do seu ministério mas, se não quiser algo realmente santificador, não valerá de nada a sua dança, você pode até ter várias técnicas mas gente com talento o mundo já tem bastante.

TÉCNICA E ESPIRITUALIDADE:

Como manter o equilíbrio?

TÉCNICA:

Simples, você não vai aprender a dançar para ser um GRANDE E MARAVILHOSO MINISTRO DE DANÇA, deve estar ciente que a parte técnica serve para aprimorar o seu ministério. Cuidado com a vaidade! Você deve ter em mente que sua aula de dança é como um presente e carinho de ‘Deus, no qual ‘Ele deve ser seu professor.

MOMENTO TESTUMUNHO:

As aulas de dança técnicas seculares me levam a ver que eu não sou nada, pois nunca vou conseguir fazer perfeitamente aquilo que o professor me pede e porque sempre tem uma pessoa melhor do que eu, isso faz com que eu me rebaixe e veja que não sou tudo aquilo que às vezes imagino. Se há movimentos sensuais eu os mudo, se o figurino da apresentação não condiz com o que prego, eu não danço. Tenha modéstia em sua aula! Procure uma escola que entenda a sua realidade, você deve ser ministro dentro da sua aula também.

ESPIRITUALIDADE:

‘’Não é à consciência que o sujeito está condenado, mas ao corpo’’. (J. Lacan)

O ministro de dança exerce seu ministério o tempo todo, deve ter uma vida de oração constante e uma vida de castidade. Na sua Espiritualidade como ministro de dança tudo influencia, até mesmo a roupa que você usa no dia a dia, porque o seu corpo é instrumento de ‘Deus e se ele não está bem, em oração, em diálogo com ‘Deus, seu ministério também não estará.

Você deve ter o desejo de, em tudo que for fazer, gerar ‘Cristo para a outra pessoa. Lembre-se que não adianta nada buscar a técnica que aconselhei vocês lá em cima, se o foco em aprender não for o de levar ‘Cristo às pessoas. É necessário fazer uma boa confissão e jejum, pelo menos um dia do mês, para que seu ministério possa ser exercido em verdadeira adoração.

MINISTROS, SE SOUBEREM JUNTAR ESSAS DUAS COISAS ‘DEUS TERÁ MAIS LIBERDADE DE CONVERSAR COM VOCÊS E DE DAR INSTRUÇÕES E, ASSIM, VOCÊS PODERÃO MELHOR OBEDECÊ-LO. EU SEI QUE QUANDO VOCÊ ESCUTA UMA MÚSICA E SE IMAGINA DANÇANDO, VÊ VÁRIOS MOVIMENTOS E PENSA: “SERIA BOM SE EU CONSEGUISSE FAZER ISSO”, MAS ACREDITE, ‘DEUS ESTÁ TE DANDO A VISUALIZAÇÃO DAQUILO QUE ELE SONHA PARA VOCÊ. NÃO DESISTA, PERSISTA, ACREDITE EM VOCÊ E ACREDITE QUE DEUS PODE TE CAPACITAR. FOI ASSIM COMIGO, DE NADA VALERIA MINHA HABILIDADE SE EU NÃO TIVESSE CONHECIDO PROFUNDAMENTE O ‘SENHOR.

Se você é chamado por ‘Deus ao ministério, dê o seu sim. Se você quer saber se é o seu lugar, entra no seu quarto, fecha a tua porta, coloque em seus ouvidos uma música e dança em segredo para ‘Deus, depois disso você saberá se é ou não. Deixe o ‘Senhor te guiar, seja em um pequeno erguer de braço, uma pirueta ou um andar.

No próximo post teremos o testemunho de uma das Ministras do Miriã, a Giandrine Guedes, dizendo como foi para ela tudo isso: de se sentir chamada a servir o Senhor através da dança, de se achar incapaz, de ganhar técnica e espiritualidade. Vale a pena ler.

 

Beeeeeeeijo Igrejaaaa.

 

Use os comentários caso queira fazer alguma pergunta, ou partilhar.