ESPIRITUALIDADE DO CASAL MATRIMÔNIO VERDADEIRA

“Agora eu posso, já me casei!”

No início do namoro é natural querermos estar sempre arrumados para ver a pessoa amada. Cabelos ajeitados, roupas bonitas e unhas bem feitas fazem parte do look.

Quando eu comecei a namorar o Alex e era dia dele me visitar, antes que ele chegasse eu já queria estar com o meu cabelo lavado, cheiroso e escovado. Procurava usar acessórios e roupas que o agradasse, pois eu queria estar bonita para quando ele me visse. Mau hálito? Jamais! Tudo em perfeita ordem para ver o namorado.

Lembro de uma vez que eu não queria que ele fosse na minha casa porque eu estava com gripe, nariz vermelho, parecendo uma cachoeira. Arrumei todas as desculpas do mundo. No final das contas ele apareceu lá e eu morri de vergonha.

Hoje como esposa é engraçado lembrar disso, pois diante dele as minhas máscaras já caíram. Aqui eu não me refiro à falsidade ou mentiras, mas sim à imagem de pessoas perfeitas que muitas vezes tentamos passar no inicio do namoro.

Depois que nos casamos passamos a nos conhecer muito mais, tanto a ponto do Alex já ter me visto em diversas situações. E isso é essencial, pois conforme o tempo passa e a intimidade aumenta é natural que essas coisas aconteçam, mas o que eu quero partilhar hoje é sobre o cuidado inicial. Claro que no casamento ele não é tão extremo. Eu não vou pedir pra ele sair da nossa casa porque eu estou com cara de acabada devido a gripe, mas aquela vontade de estar linda para ele não deve acabar.

Muitas mulheres (e homens também) eram extremamente vaidosos no inicio de seus relacionamentos e já passaram por situações como eu citei acima, mas depois de casados acabam se desleixando. Sabe aquele ditado: “agora eu posso, já me casei”? Várias vezes eu ouvi mulheres dizendo isso para justificar o seu desleixo com a aparência.

Depois que nos casamos é necessário não somente continuar a se cuidar, mas mais do que isso, aproveitar da intimidade entre os esposos para saber ainda mais como agradar o outro.

Quem é que não gosta de andar com uma pessoa bonita ao seu lado? Mas como exigir de outra pessoa algo que eu mesmo não faço? Por isso é muito importante que não nos esqueçamos que se no namoro nos empenhamos para conquistar a pessoa não somente com a nossa personalidade, mas também com a nossa beleza (seja ela natural ou melhorada), não devemos depois de nos casar deixar de nos cuidar e de conquistar aquela pessoa.

É justamente no casamento que podemos e devemos namorar, estar juntos, cuidar, zelar, ouvir… Um bom relacionamento se faz no dia a dia e para isso é necessário todo o cuidado e carinho possíveis. Seja ele físico ou espiritual!

Gente, obrigada pelas partilhas! Espero que estejam se identificando. Beijos!

Leia tbm:

Scroll Up